78

💻😎 Tudo o que você precisa saber para iniciar na área da TI!

#Desperte o potencial
Aline Bastos
Aline Bastos

Hoje, na Digital Inovation One, temos várias acelerações onde, no final, você tem grandes chances de entrar em uma grande empresa e iniciar a sua carreira.


Mas se você não puder fazer uma aceleração no momento, ou não conseguir concluir, por diversas razões, vou mostrar aqui um roadmap bem interessante para quem quer aumentar a sua chance de entrar na área, e o melhor, com a ajuda dos cursos da DIO!



1. Estude Muito!


Estude muito! E estude sempre! E quando achar que já sabe bastante, estude mais!


Sim, a TI é muito interessante, tem um ecossistema enorme dentro dela, com diversas áreas muito diferentes, paga bons salários, e é melhor ainda para quem gosta da área escolhida. Mas a TI também é muito exigente! Ela só quer as melhores pessoas, não importando o nível.


Aqui na DIO temos bootcamps maravilhosos, com diversas stacks, para todos os gostos. E temos diversos cursos livres para você completar suas formações ou aprender algo por fora dos bootcamps e acelerações.


E, além de todos os cursos e bootcamps terem certificados no final, vários deles têm trabalhos práticos, o que vai ajudar muito nas próximos passos deste roadmap.


Além dos cursos e bootcamps, leia artigos, assista lives ou vídeos gravados, todo conteúdo é absorvido pelo cérebro de alguma forma, então em qualquer momento livre do dia ouça um vídeo, um podcast, leia um artigo ou um livro.


Como eu escutei de uma pessoa recentemente:


"São mais ferramentas para adicionar ao seu cinto de utilidades! 😎"



2. Pratique! Pratique! Pratique!


Faça todos os trabalhos práticos dos cursos e bootcamps, tanto dentro como fora da DIO.


Para quem é bem iniciante, faça os projetos junto com o professor ou professora, mas com o tempo, comece a fazer por conta própria.


Quando começar a fazer por conta própria, você vai ter que pesquisar bastante para isso, pois você tem um objetivo em mãos, que é o projeto finalizado, então pesquise muito enquanto faz o projeto para alcançar esse objetivo.


Tente não copiar o que foi feito no curso, pesquise por fora. Você só tem a ganhar, pois pesquisando a gente aprende muito, além de que você pode encontrar outras formas de fazer o projeto, e acabar fazendo ele ficar mais interessante do que o proposto inicialmente.


E não pense que pesquisar é coisa de iniciante ou junior, todas as pessoas pesquisam, sempre! Desde a pessoa iniciante até a pessoa especialista, líder técnica, etc.


É o que eu sempre digo:


"A única diferença entre a pessoa junior, plena, senior, especialista, etc, é o tempo que essa pessoa vai levar entre pesquisar, entender e implementar!"


Vai chegar um momento em que você vai querer fazer outros projetos, fora de cursos, para realmente praticar sem ter aquela solução pronta do curso, que muitas vezes acabamos copiando e não fazendo por nós mesmos.


Aqui vão alguns links que eu sempre faço questão de compartilhar:


  • Dev Practice: Aqui tem desafios, jogos, ideias de projetos, links para hackathons online, tudo em diversas linguagens, para quem quer praticar tudo o que está aprendendo.


  • Frontend Challenges: Aqui são disponibilizados testes REAIS que empresas aplicam nos seus processos de seleção para pessoa Frontend. É uma ótima maneira de praticar sem ter uma solução pronta para copiar. E não precisa fazer exatamente o que pede ali, se você está no início, nem usar as ferramentas que pedem, somente tente chegar na solução à sua maneira, com as ferramentas que você tem, e pesquisando muito! Você vai aprender muito!


  • Backend Challenges: Da mesma forma que o Frontend Challenges, aqui tem testes reais de empresas, dessa vez de backend e com várias linguagens. Você pode escolher um teste e usar a linguagem que está aprendendo ao invés da linguagem pedida, por exemplo, pois o importante é alcançar o objetivo do teste, chegar na solução que eles pedem.



3. Faça muito networking!


Use e abuse das redes sociais nesse momento! Para eu fazer meu networking na área eu uso o Twitter e o Linkedin (Twitter é opcional, aí vai do seu gosto pessoal).


No Linkedin:


Adicione pessoas relevantes na área, pessoas desenvolvedoras, pessoas de RH de empresas que você admire. Aceite as solicitações de conexões.


O Linkedin não é como outras redes sociais, onde você só adiciona amigos ou quem você conhece, essa rede foi feita para conexões profissionais, então, quanto mais pessoas da área, pessoas do RH, ou até pessoas de outras áreas (tem muita gente mudando de área para a TI e ainda está com outro título no perfil) você adicionar/aceitar, maior vai ser a sua rede de conexões, o que vai ajudar você MUITO no futuro.


Crie a sua presença no Linkedin:


Entre todos os dias, nem que seja por 5 ou 10 minutos por dia. Curta posts interessantes, comente em posts quando houver oportunidade ou relevância, compartilhe posts, compartilhe links que você encontrou em outras redes, newsletters, etc, que possam ajudar pessoas da área. Isso tudo vai fazer você ficar cada vez mais visível para as suas conexões e para conexões das suas conexões, que vão acabar solicitando conexão com você.


Ainda não tem aquele perfil completo no Linkedin, e não sabe bem como preencher ou por onde começar? Neste vídeo eu dou todas as dicas para preencher e tirar o melhor proveito do seu perfil do Linkedin:


https://youtu.be/WmwREpb0dno



4. Crie o seu portfólio!


Coloque no GitHub todos os projetos que você fez, por mais simples que você ache que alguns possam ser, e coloque uma documentação (README) bem clara sobre cada projeto: Nome do projeto; se foi feito baseado em algum curso, cite o curso; como rodar o projeto; se for o caso, inclua uma to-do list sobre o que falta melhorar nele.


Não sabe como usar o markdown para deixar seu README perfeito? Aqui tem uma documentação bem simples que pode ajudar:


https://github.com/adam-p/markdown-here/wiki/Markdown-Cheatsheet


Agora, se você quer uma ideia de template de README, aqui tem um exemplo bem completo! Você não precisa usar tudo o que tem ali, mas dá para tirar ideias muito boas de como deixar seu README bem interessante:


https://github.com/othneildrew/Best-README-Template


Dica: Clique no README.md, clique em editar, e veja como foi feito o markdown. Pode copiar dali o que você achar interessante, principalmente aquelas badges, que fazem uma diferença visual muito legal!



5. Mostre o seu Trabalho!


Chegou a hora de aproveitar todo aquele networking que você fez e mostrar seu trabalho para o mundo!


Use e abuse do Linkedin para mostrar seu trabalho!


Crie pequenos vídeos com seus melhores projetos (mostrando como funciona, mostrando se há animações, ou clicando nos links e indo para as páginas internas, se houverem) e compartilhe, sempre colocando o link para o projeto no GitHub e/ou para o seu portfólio, caso tenha criado um.


Descreva o projeto, quais tecnologias foram usadas, e se foi feito a partir de um curso, mencione o curso também.


Use hashtags, como #AdoteUmCv, #AdoteUmJunior, #AdoteUmaSandy, etc.


Adote um cronograma para postar seus projetos, seja diariamente, uma ou duas vezes por semana, quem decide é você, o importante é você ser lembrado(a)!



6. Aplique para todas as vagas!


Quanto mais você aplicar, menos medo você vai ter de aplicar para as próximas!


Não tem alguma skill pedida na vaga? Aplique mesmo assim e vá ler/estudar sobre ela! É mais uma ferramenta para o seu cinto de utilidades :)


Mas jamais minta na entrevista! No caso dessas skills que você não tem prática e vai ler sobre, diga que não tem experiência prática com elas, mas já leu bastante sobre e tem facilidade em aprender.


Quem sabe de uma dessas vagas surja uma entrevista?


Não passou na entrevista? Fique triste, desabafe, e siga em frente! Você já passou por uma, já viu como é, na próxima vai estar mais preparado(a).


Quem sabe em outra vaga você passe para o teste ou entrevista técnica?


Não passou no teste? Fique triste, desabafe, e use o teste como portfólio! Tire qualquer menção à empresa, não utilize qualquer API fornecida pela empresa, veja o que você pode melhorar no teste (muitas empresas mandam feedback sobre o teste, e isso ajuda muito) e coloque o projeto no GitHub!


Isso tudo vai te dando experiência e te tirando o medo de aplicar e de passar pelos processos.


Quem sabe o “sim” está próximo?


É como aquele velho ditado:


"O 'não' você já têm :)"

128
9078

Comentários (141)

0
ALINE SANTANA

ALINE SANTANA

10/04/2021 10:29

Assunto extremamente relevante, vou aplicar todas as dicas!

Obrigada por compartilhar!

0
Fernando Aguiar

Fernando Aguiar

10/04/2021 02:05

Excelentes dicas, Aline Bastos!

Algumas coisas dessas já estou aplicando e seguindo a risca.


Meu GitHub. Clique aqui.

0
Kelen Martins

Kelen Martins

09/04/2021 20:18

Muito bom, obrigada pelas dicas!

0
M

Micheline Ferreira

09/04/2021 08:27

Muito motivador! Obrigada por compartilhar. UBUNTU !

0
T

Talita Oliveira

08/04/2021 11:14

Dicas maravilhosas! Muito útil

0
R

Rafaella Silva

06/04/2021 22:11

Obrigada pelas dicas!

0
César Entringer

César Entringer

03/04/2021 21:39

Artigo necessário dms pra mim nesse momento. Obrigado

0
Johmself Pereira

Johmself Pereira

02/04/2021 10:44

A Aline é fera. Só conteúdo bom ! A sigo no Linkedin e é sempre isso aí.

Ótimo artigo !

0
Laura Custodio

Laura Custodio

02/04/2021 01:19

Nossa, caiu na minha timeline na hora certa!!!


Valeuzasso!!

0
Karoline Pinto

Karoline Pinto

29/03/2021 11:54

Excelente artigo!!! Parabéns!!!

Front-End Software Engineer

Brasil