0

Trabalhando com Fragmentos em Kotlin Parte 1 (Herança)

#Kotlin
Isaias Bueno
Isaias Bueno

Trabalhando com Fragmentos em Kotlin Parte 1 (Herança)


As seções a seguir usamos exemplos de “Fragment” para destacar alguns dos mais incríveis recursos do Kotlin.


Herança


Você pode declarar uma classe no Kotlin com a palavra-chave “Class”. No exemplo abaixo, "LoginFragment" é uma subclasse de "Fragment". Você pode indicar a herança usando o operador ':'entre a subclasse e o pai:


class LoginFragment : Fragment()


Nessa declaração de classe, "LoginFragment"é o responsável por chamar o construtor da superclasse, "Fragment".


Dentro de "LoginFragment", você pode modificar vários callbacks de ciclo de vida para responder a mudanças de estado no "Fragment". Para substituir uma função, use a palavra-chave "Override", conforme mostrado no exemplo abaixo:


override fun onCreateView(
	inflater: LayoutInflater,
	container: ViewGroup?,
	savedInstanceState: Bundle?
): View? {
	return inflater.inflate(R.layout.login_fragment, container, false)
}


Para fazer referência a uma função na classe pai, use a palavra-chave super, conforme mostrado no exemplo abaixo:


override fun onViewCreated(view: View, savedInstanceState: Bundle?) {
	super.onViewCreated(view, savedInstanceState)
}


Por hoje é isso pessoal, em breve mais artigos sobre Fragmentos em Kotlin.


Sucesso nos Estudos.

1
14

Comentários (2)

0
Andressa Costa

Andressa Costa

04/05/2021 13:41

Muito bem! Seguindo no Linkedin

0
Fábio Petronilho

Fábio Petronilho

27/02/2021 08:29

Obrigado Isaías muito show.

Desenvolvedor Android|Kotlin

Brasil