1

Sobre Intraempreendedorismo

#Intraempreendedorismo
V
Vitor Silva

 Olá Pessoal. Todos bem?


Estava eu fazendo o bootcamp da MRV e no meio do caminho eu me deparo com o curso de modelagem de negócios. É um curso bem interessante e repleto de sopinhas de letrinhas com grandes empreendedores e suas criações.

Os empreendedores falam um pouco do seu início, da administração e sobre inovação. Guarde esta última palavra com você.


Para quem já viu alguma live do Iglá, CEO da Digital Innovation One com as empresas ele costuma ser direto em responder qual o perfil de colaboradores que as empresas querem e/ou não querem. E sempre frisa o perfil do Ser Protagonista.


No entanto, ao fazer o curso citado acima me fez querer saber mais sobre os assuntos abordados e buscando informações sobre as abordagens do curso e outros assuntos paralelos foi então que me deparei com a palavra intra-empreendedor ou intraempreendedor e intraempreendedorismo.


Vale lembrar que existe o curso de intraempreendedorismo na DIO! ^^



O que é?


A palavra surgiu em 1978 criada por Pinchot, “intrapreneur” em português intraempreendedor. Trata-se daquele que assume a responsabilidade de promover inovação na empresa, ou seja, exercer o empreendedorismo dentro de uma organização. Novamente, aquele que inova, cria oportunidades e enxerga nos produtos de uma empresa algo que gere valor, usando estes de maneira diferente ou talvez implementando novas funcionalidades aos produtos, buscando agregar valor.


É bem verdade o assunto é bastante extenso. E esse tipo de abordagem dentro de uma empresa traz características muito interessantes. Para citar algumas:


a) A comunicação não é hierarquizada. É de todas as direções e sem restrições.

b) Quando o ocorre algum erro ou falhas, estas são vistas como aprendizado.

c) A formação das pessoas não são segmentadas por áreas. As equipes são multidisciplinares.

d) Para tornar um colaborador motivado, existe reconhecimento, estímulos a autorrealização.