0

SITE RESPONSIVO: ENTENDA PORQUE VOCÊ PRECISA TER UM

Douglas Rangel
Douglas Rangel

Quando pensamos em sites, normalmente vem à cabeça aquela imagem de desktop, certo? Mas pare pra pensar: de onde você está lendo esse post? Do seu celular, de um tablet ou de um computador? E se você compartilhar esse link com um amigo, por onde será que ele irá acessá-lo? Se você ainda não parou para se fazer essas perguntas, é melhor começar! Atualmente, há cada vez mais aparelhos que nos permitem acessar a internet, nos mais diversos formatos e resoluções possíveis. Por isso, é importante ter um site responsivo que rode bem em todos eles, garantindo a melhor experiência do usuário.

Afinal, você nunca sabe por qual desses aparelhos o seu cliente irá te encontrar. E caso ele decida voltar, você também precisa garantir que ele terá uma experiência tão boa quanto da primeira vez. Assim poderá realmente fidelizá-lo e fazer com que ele retorne ainda mais vezes. Entenda a importância de pensar melhor sobre a responsividade da sua página.

O que é um site responsivo?

Um site responsivo é aquele que se adapta à tela que o usuário está usando para visualizá-lo. Esses sites, também chamados de flexíveis, precisam estar prontos para trazer uma experiência intuitiva e otimizada pro usuário. Seja de onde for, o site precisa ser pensado para rodar de maneira simples e intuitiva. Em qualquer resolução, aparelho ou tela.

Pra entender melhor o seu público, a dica é começar monitorando o tráfego do seu site e entender por onde seu público mais o acessa. Assim você pode entender melhor as melhorias que precisam ser feitas e quais as prioridades.

Pra começar, um design bonito e atrativo é importante, claro. Mas ainda mais importante é checar se ele possui uma boa velocidade de carregamento. Afinal, as pessoas não costumam esperar tanto tempo pra uma página carregar. Pense bem: 5 segundos encarando a tela de um computador pode parecer uma eternidade. Para o Google, a recomendação é de até 2 segundos.

A interface também deve ser pensada com cuidado. Ela deve ser simples e funcional, facilitando a experiência do usuário e sendo o mais intuitiva possível. Sessões como menu, rolagem de tela, entre outros detalhes, devem ser pensados para funcionar bem em qualquer tipo de tela.

Adaptações que você pode fazer para melhorar o seu site:

  • Evite efeitos de tela, eles podem tornar o carregamento mais lento
  • Priorize imagens de dimensões flexíveis e tamanhos mais leves
  • Pense bem no tamanho para o texto do seu site. Letras muito pequenas e palavras muito coladas podem dificultar a leitura em alguns dispositivos. 
  • O mesmo vale para links e botões. Aumente o espaço entre eles pra garantir que serão clicáveis da maneira correta em qualquer tela.

Quais são as principais vantagens de ter um site responsivo?

Como você já deve ter percebido, um site responsivo vai bem mais além de um layout bonito. Com um site funcionando de maneira flexível e adaptável, as vantagens pro seu negócio são inúmeras! Entre as principais estão:

  • Melhoria na indexação

Com um site otimizado, o Google entende que a sua página está apta a receber melhor uma variedade de usuários. Desde 2015, o algoritmo do site de buscas passou a favorecer sites responsivos, sobretudo para mobile. Portanto, se aliado à uma boa estratégia de SEO, um site responsivo pode ajudar e muito na sua indexação orgânica.

  • Aumento das taxas de conversão

Com uma indexação melhor no Google, claro, você passará a receber mais visitas. E com um site responsivo, a taxa de retenção desses usuários tende a crescer. Segundo dados disponibilizados no Google Think Insights, se um usuário fica satisfeito com o seu site, as chances dele converter são de 67%.

  • Melhoria na percepção de credibilidade

Imagine que um usuário que não conhece você ou a sua marca encontre o seu site por acaso. Ao abrir o seu site, se ele não mostrar qualidade e um bom carregamento, as chances da sua credibilidade ser prejudicada são enormes. Ainda segundo o Google Think Insights, se um usuário acessa sua página e não se agrada com ela, as chances dele desistir e buscar outro site são de 61%.

Transforme o seu negócio com um site responsivo

Para fazer todas essas adaptações mencionadas, será necessário mexer na estrutura do HTML e CSS do seu site. E, claro, melhor garantir que quem fará isso saiba bem onde está mexendo, né? Caso contrário, qualquer pequeno erro poderá desconfigurar todo o seu site. Por isso, o investimento em contratar um profissional especializado para ajudar a otimizar o seu site é algo que realmente vale a pena.

0
0

Comentários (2)

1
Cristiano Lima

Cristiano Lima

05/10/2021 00:46

Artigo muito bom. Poderia recomendar os melhores frameworks para esse fim? Além de focar em html, css, js e abstração. Presumo que recomenda o Vue.JS. Mas teriam opções que tivéssemos de cartas na manga?


1
Diogo Dantas

Diogo Dantas

05/10/2021 10:15

Eu uso o Bootstrap para criar sites responsivos. Muito bom e possui ótima documentação.

Desenvolvedor Vue.js, Vuex e autenticação com API Rest

Brasil