0

Quando eu não me acho capaz de continuar

Francisco Júnior
Francisco Júnior

Muitas vezes nos pegamos em processos da vida em que não nos achamos capazes de assumirmos determinadas responsabilidades, e isso é mais comum do que imaginamos. Seja diante de um novo desafio, socialmente tido como normal, por exemplo: o início de um relacionamento, ou a chegada de um filho. Mas quero trazer o mesmo sentimento para um foco diferente: nossa vida profissional.

Tem sido cada vez mais comum os processos seletivos exigirem uma gama de skills por conta de um mercado cada vez mais competitivo. No entanto, o que pode preocupar é aquela sensação de não ser capaz de assumir tal posição. Acredite, é mais comum do que se imagina.

Recentemente tornei a enfrentar tal fantasma. A sensação é: não importa o quanto eu me esforce ou estude, eu simplesmente não conseguirei dar conta de tal desafio. Ai vem uma longa jornada de autoconhecimento. Descobrir os motivos da insegurança, em como enfrentar tal fase sem descer ao fundo do posso do esgotamento profissional. Tudo isso é normal e uma hora ou outra você também enfrentará. Aconselho que seja firme e que continue acreditando em você. Procure racionalizar os motivos desses pensamentos, afinal de contas, somos seres regidos por emoções, e fantasmas internos como a Síndrome do Impostor pode estar te assombrando nesse momento.

Minha dica é: desacelera. Seja protagonista da tua vida emocional. Tire bons momentos para fazer algo que te dê prazer, como ler, brincar, rir de bobagens, desenhar, cantar, tocar um instrumento, jogar um RPG, praticar uma atividade física, amar. Você não precisa se cobrar ao ponto de ser consumido por um sentimento extremo de auto-responsabilidade.


0
0

Comentários (2)

0
Francisco Júnior

Francisco Júnior

28/03/2021 18:50

Legal Leandro. Fico muito feliz ao saber disso.

0
L

Leandro Carvalho

27/03/2021 18:24

Adorei seu artigo. Suas palavras me ajudou muito.

Um apaixonado por gerar valores

Brasil