0

Por que aprender Java?

Carlos Filho
Carlos Filho

Java é atualmente uma das linguagens mais utilizadas em todo o mundo, em ainda em crescimento nas empresas, através de novas adoções. Uma coisa que se deve mencionar é que hoje o Java não é apenas uma linguagem, mas sim uma plataforma de desenvolvimento. Neste artigo serão mostradas as vantagens de se programar em Java, as principais plataformas, além das futuras novidades desta tecnologia.


Nos últimos anos o Java vem sendo usado por todo o mundo dentre as características podemos citar as seguintes:

  • Aprenda Java e programe em uma qualquer plataforma: Uma das grandes vantagens do Java é que ele além de ser uma linguagem é uma plataforma de desenvolvimento. Com ele é possível desenvolver aplicações para desktop, celular, cartão, web, televisão digital, etc. (as plataformas serão descritas melhor no decorrer deste artigo).


  • Comunidades: Os grupos de usuários Java são muito fortes em todo o mundo e graças a eles é possível obter material para estudos de maneira fácil, participar de encontros regionais, palestras e até minicursos. Neles também é possível trocar experiência com pessoas que já atuam na área a mais tempo. Uma das novidades para a comunidade é a participação do SouJava, grupos de usuários Java em São Paulo no JCP (Java Community Process).


  • Grande número de frameworks: Graças ao investimento das comunidades e também de algumas empresas, existem hoje uma variedade de frameworks que visam facilitar o trabalho do desenvolvedor.


  • O Java não roda somente Java: A máquina virtual Java atualmente roda cerca de 350 linguagens com pontos interessantes, por exemplo, o Groovy linguagem dinâmica, Scala que é específica para concorrência dentre outras linguagens como JPython , Python, Jruby e o Ruby.


  • Desenvolva em qualquer sistema operacional para qualquer sistema operacional: Quando se compila um arquivo em Java ele gera um bytecode que é interpretado numa JVM. Bastando que o seu sistema operacional tenha uma JVM, será possível executar o Java nos sistemas operacionais Windows, GNU/Linux e Mac. Suas principais IDES, podemos citar o Eclipse e o Netbeans, rodam em Java ou seja se pode programar em qualquer sistema operacional.


Plataformas Java:

Como já dito anteriormente o Java não se resume em uma linguagem, mas é uma plataforma de desenvolvimento.

  • JSEJava Standard Edition. A versão básica do Java com ela é possível desenvolver diversos aplicativos para desktop, normalmente aqueles que querem se aprofundar nessa tecnologia começam por essa plataforma. Existem pacotes para se desenvolver programas em console ou, por exemplo, Swing que se pode desenvolver software com interface gráfica.


  • JME: Java Micro Edition é a plataforma voltada para o desenvolvimento de embarcados e dispositivos móveis, atualmente essa plataforma é muito popular entre os celulares. Ela foi dividida em duas frentes: Para os dispositivos com poder computacional limitado CLDC, Connected Limited Device Configuration, e dispositivos com um poder computacional um pouco maior CDC, Connected Device Configuration.


  • Java TV: Dentro da plataforma JME, o Java TV traz uma API que ter permite o desenvolvimento para a Televisão Digital com recursos como fluxo de áudio e vídeo, acesso aos dados nos canais de transmissão, sincronia das mídias dentre outros. Esta tecnologia veio a ser amplamente estudada e desenvolvida após a definição do padrão de televisão digital brasileiro.


  • Java FX: Essa plataforma visa a criação da Internet rica, aplicações web com características de um programa tradicional de um desktop, em diversos dispositivos (desktop, browser, telefone celulares, TVs, video-games, Blu-rays players etc.).


  • JEEJava Enterprise Edition é uma versão voltada para as empresas e para aplicativos web. Uma grande característica dessa plataforma é a necessidade de um servidor de aplicação. Recentemente recebeu a atualização para a versão 6, dentre os frameworks dessa plataforma podemos citar:



  • JPA (Java Persistence API): Ele funciona como um padrão dos padrões de persistência. Com ele se pode modificar de framework de persistência (hibernate, toplink etc) com impacto zero em sua aplicação.



  • Java Card: Programação voltada para o desenvolvimento de cartões inteligentes. Um dos seus principais benefícios do seu uso é a portabilidade e a segurança. Esses dispositivos vêm crescendo nos últimos anos e tendem a crescer ainda mais.

Se gostou , compartilhe e deixe seu comentário.

Meu LinkedIn: linkedin.com/in/carlos-andré-866972191

0
0

Comentários (0)

Desenvolvedor front -end , sempre disposto a enfrentar as montanhas que vierem pela frente.

Brasil