0

Neurociência e Desenvolvimento pessoal

Rogerio Nicacio
Rogerio Nicacio

A ciência que estuda e analisa o sistema nervoso desde a sua estrutura, formação, desenvolvimento, funcionamento e ligação com a mente é a chamada neurociência. Essa ciência possui como objetivo compreender como as experiências vividas possuem influencia na reflexão, nos comportamentos, na percepção e nas constatações, ou seja, no desenvolvimento mental de um individuo.

A neurociência é capaz de fornecer muitas informações a respeito da mente e as mesmas são capazes de ajudar os terapeutas e as pessoas que estão em busca de desenvolvimento pessoal. Com esse estudo, os mapas da mente podem ser criados de forma mais assertiva, assim como a identificação de comportamentos sabotadores, crenças limitantes, entre outros.

Se você está em busca de desenvolvimento pessoal, ou seja, de conseguir atingir o seu potencial máximo, para que seus objetivos e sonhos sejam alcançados, crenças limitantes sejam quebradas e que você consiga passar por barreiras emocionais que podem estar te impedindo de evoluir da melhor maneira possível, saiba que você pode usar a neurociência totalmente ao seu favor. A seguir vamos analisar alguns insights da neurociência que ajudam no desenvolvimento pessoal.

Nomear emoções

              Segundo estudos da neurociência, quando você nomeia as suas emoções, é possível interromper uma reação fisiológica que se inicia na amígdala cerebelosa e que faz com que você aja por impulso. Ao nomear, você consegue racionalizar, acalmar e amígdala cerebelosa e ter um maior controle sobre seus impulsos, tendo assim, maior tempo para refletir sobre o problema ou a questão.

O que você fala e como se comporta

              Segundo a neurociência, tudo o que você diz está diretamente ligado com o seu comportamento, pois o cérebro utiliza essas palavras para interpretar acontecimentos e experiências. Por exemplo, caso você esteja diante de situações desafiadoras, evite palavras negativas como “ódio” ou “medo”, pois a mente as entende como um estado de “Fuga” ou de “Enfrentamento”. Escolha melhor as suas palavras!

Como posso pensar com mais clareza?

              Se essa é uma questão para você, saiba que a neurociência pode te ajudar. Como dito anteriormente, o cérebro usa palavras para interpretar acontecimentos e experiências. Caso você utilize muitas palavras confusas ou com significados ambíguos, o cérebro também irá produzir pensamentos com essas características. Pense nas palavras que costume usar! Que tal testar esse estudo?

Respire

              Segundo a neurociência, a respiração faz toda a diferença em situações de estresse, em que as pessoas costumam agir por impulso. Em situações desse tipo, procure respirar com calma. Isso ocorre, pois a respiração leva oxigênio aos pulmões e que através da corrente sanguínea, envia uma mensagem ao cérebro dizendo que está tudo bem e que não é uma situação de risco, luta ou fuga.

Gratidão

              Acredite! Segundo a neurociência a gratidão é um poderoso antidepressivo neural, pois aumenta os níveis de serotonina e dopamina. A gratidão também funciona mesmo quando as coisas não estão como você gostaria que elas estivessem, pois também promove  alterações químicas no cérebro, aumentando a sensação de felicidade e bem estar . Que tal testar e ver o que acontece?


0
0

Comentários (4)

0
Rogerio Nicacio

Rogerio Nicacio

17/04/2021 20:22

Obrigado Ione!

1
C

Charles Nunes

13/04/2021 12:40

Uau! Apesar de complexo e por demais abrangente, o tema foi escrito de forma bem assertiva e resumida, do tipo "direto ao ponto".


Show d+


Gratidão Rogério!

0
Rogerio Nicacio

Rogerio Nicacio

17/04/2021 20:22

Obrigado Charles!

1
Ione Souza

Ione Souza

13/04/2021 11:50

Muito bom! Obrigada por compartilhar!

None

Brasil