0

Modelos de Testes

Juliana Dias
Juliana Dias

Oi pessoal da DIO, eu sou a Ju. Sou analista de testes jr e decidi escrever esse artigo depois da live da Akinely do bootcamp everis Quality Assurance Beginner #3. Se você está começando ou quer se especializar na área, a Akinely praticamente apresenta todo um roteiro de estudos com conhecimentos básicos até um QA OverMegaPowerBlaster++ rsrs.

Mas o que eu quero trazer hoje é um resumo dos tipos de modelos de teste e em que situação podemos utilizá-los. A fase de testes tem se apresentado como um processo fundamental quando se fala em software de qualidade. Entretanto, testar um software exige conhecimento, habilidades específicas e uma boa infraestrutura. Segue abaixo uma imagem com os modelos utilizados, seguido de alguns testes de cada modelo.


Existem outros tipos de testes encaixados nesses modelos dos quais quero escrever com mais detalhes a frente. Valeu galera, espero que gostem!

0
0

Comentários (7)

1
M

Marcelo Mora

15/10/2021 14:47

Juliana, obrigado por compartilhar, post muito didâtico.

0
Juliana Dias

Juliana Dias

15/10/2021 11:15

Oi Mauricio, respondendo a sua pergunta… A questão de casos de exceções agrega muito valor ter essa cobertura para que durante os testes de caixa preta não se tenham problemas e volte todo o processo de desenvolvimento novamente. Pra responder o seu segundo questionamento, peguei um trecho do livro do Engenharia de Software Moderna do Marco Tulio Valente acredito que seja isso.


"Se os testes de unidade forem escritos usando-se informações apenas sobre a interface dos métodos sob teste, eles são considerados como caixa-preta. Porém, se a escrita considerar informações sobre a cobertura dos testes, tais como desvios que são cobertos ou não, então eles são testes caixa-branca. Em resumo, testes de unidade sempre testam uma unidade pequena e isolada de código. Essa unidade pode ser testada na forma de uma caixa-preta (conhecendo-se apenas a sua interface e requisitos externos) ou na forma de uma caixa-branca (conhecendo-se e tirando-se proveito da sua estrutura interna, para elaboração de testes mais efetivos).”

Espero ter respondido a sua pergunta, qualquer coisa é só falar!

0
Juliana Dias

Juliana Dias

15/10/2021 11:13

Oi Domingos, respondendo a sua pergunta… Alguns desses processos podem ser realizados durante a fase de desenvolvimento e testados pelo desenvolvedor (testes unitários) e outros como último recurso antes da sua entrega ao usuário final (testes de caso de uso). Espero ter respondido a sua pergunta, qualquer coisa é só falar!



1
Mauricio Gebrim

Mauricio Gebrim

15/10/2021 01:26

Olá! Só uma(s) dúvidas: Tanto o teste da caixa branca como preta podem se ramificar em dezenas ou até centenas de casos de exceções? Tipo o caixa branca é fácil entender de inserir testes, por exemplo, nas condições dos ifs testaria-se os limites, já no TDD da caixa preta dá para testar apenas os requisitos funcionais, procede?!

1
Márcio Silva

Márcio Silva

15/10/2021 01:18

Boa Juliana, faz isso mesmo, detalha os outros tipos de teste.

1
Gustavo Bernardi

Gustavo Bernardi

15/10/2021 00:12

Legal Juliana!

1
D

Domingos Ferreira

15/10/2021 00:06

bom dia Ju em que area tecnologica seria aplicado esses testes seria muito interessante esse seu topico

Tester | QA | Analista de Qualidade

Brasil