0

Minha relação com tecnologia

Luiz Esquivel
Luiz Esquivel

Gostaria de compartilhar aqui minha experiência com tecnologia.


Meu primeiro contato com desenvolvimento de software foi em 2018, mas com o passar dos anos, fui deixando de lado por achar 'difícil demais'.


Mas esse ano descobri a DIO e tenho aprendido bastante, por isso, só agradecimentos.


Agora, eu olho para trás com um outro olhar e percebo que mesmo sendo 'difícil' eu não deveria ter abandonado, na realidade o que me faltava realmente era a busca pela consolidação de um conhecimento básico verdadeiro.


Para as pessoas que pensam em desistir... a única que eu tenho a dizer é "Por que não investir um pouco mais de tempo na busca de um conhecimento?" sei o que e como se sente e, lhe digo, pode parecer um bicho de sete cabeças, mas com conhecimento, paciência e persistência, vocês conseguiram ir longe. SUCESSO NA JORNADA!

0
0

Comentários (1)

0
Luís Simas

Luís Simas

07/05/2021 12:56

Luiz.

Obrigado por compartilhar conosco seus medos e seus sucessos.

Entenda que você não está sozinho nessa e o problema não está em você, mas em tudo o que nos rodeia e que nos obriga, mesmo que por osmose, sermos consumistas contumazes e, pior ainda, dada a essa enxurrada de sensações a que somos expostos diariamente, a grande ansiedade e imediatismo.

Esse imediatismo e essa ansiedade de conseguir algo muito rápido em pouco tempo é que pode causar esse sentimento de frustração.

Olhe pelo lado positivo do que aconteceu com você: você amadureceu e viu qual era o seu melhor caminho depois que encontrou o lugar certo.

Não se culpe, naquele momento, no passado, talvez não fosse mesmo a melhor hora.

Hoje, com você mais maduro sobre esse assunto, você internamente viu o quão útil está sendo e agora entendeu que só evoluímos subindo um degrau de cada vez e não se comparando com os outros pois cada um tem seu tempo.


Eu comecei em 1995 com 13 anos de idade e hoje, aos 38 anos, passei por muita coisa, chorei, sorri, quis desistir, lidei com pessoas ruins, pessoas boas e pessoas ótimas... então, são cicatrizes que você carrega e o mais legal é aprender com elas.


E desejo tudo de bom pra você nessa jornada e no que precisa, seja um apoio psicológico ou apoio técnico... pode contar comigo...


Forte Abraço e continue nessa pegada... devagar se vai ao longe...


Sou um apaixonado e eterno estudante das áreas de "Macroeconomia-política internacional", "Astrobiologia" e "Web desenvolvimento."

Brasil