0

Minha evolução tecnológica

Raphael Fontoura
Raphael Fontoura

Ao olhar para trás, quando fiz meu curso de técnico em informática, e analisando de forma resumida os anos que passaram, posso ver uma evolução das linguagens de programação com objetivo de diminuir a curva de aprendizagem, melhorar o "time to market" dos produtos desenvolvidos e o aparecimento de muitos frameworks (principalmente em Javascript).


Lembro que comecei aprendendo pascal, com um método mais estrutural de desenvolvimento. Depois aprendemos um pouco de Java, já com conceitos de orientação a objetos e construção de tela com Swing. Também foi apresentado o Delphi, que percebi ter uma abordagem mais voltada a eventos. 


Depois de alguns anos resolvi voltar a estudar programação, então conheci o PHP, e voltei a ter contato com o Java. Neste momento já observei algumas facilidades no Java comparado a época de escola técnica, como por exemplo, a comunicação com banco de dados mais fácil. Já era possível utilizar conceitos de DAO com uma classe para executar as operações no banco. Mas ainda assim era preciso construir essa tradução do mundo OO para o MER (Modelo Entidade-Relacionamento).


Agora, há mais ou menos uns dois anos, tive um contato maior com o Spring Boot - que facilita muito o desenvolvimento de novos aplicativos. A comunicação com bancos de dados ficou muito mais simples com o uso da especificação JPA do Java. O front-end da aplicação pode ser construída com HTML e Javascript (React, Angular, etc). E hoje consigo perceber uma corrida destas tecnologias para entregar mais funcionalidades para ambientes cloud. No meu início quase tudo era procedural, depois veio o OO e arquitetura Monolítica. Agora estamos na era dos Micro serviços e funcionalidades servless. TDD, BDD, DDD, SOLID, DRY, YAGNI, KISS, Scrum, Kanban, e mais... E tudo continua evoluindo.


Espero continuar tendo disposição para acompanhar a evolução, bem como aprender novos recursos. Mas também peço sabedoria para julgar as prioridades nesta enxurrada de informações.


E você? como se enxerga neste mundo de constante evolução da tecnologia? Deixe seu comentário com um pouco da sua experiência também. ;)

0
0

Comentários (7)

0
Mauricio Gebrim

Mauricio Gebrim

18/10/2021 23:21

Também passei por jornadas "parecidas".

0
M

Marcelo Mora

17/10/2021 11:26

Parabéns muito bom o seu artigo.

0
R

Rafael Neri

16/10/2021 18:19

É mais que natural a evolução das linguagens, o dificil hoje é conseguir absorver essa quantidade absurda de informação disponivel.

0
Tancredo Neto

Tancredo Neto

15/10/2021 21:07

Bem, minhas experiências até o momento ainda são poucas comparado a vastidão de recursos tecnológicos atualmente no mundo moderno.

Então percebo com muita clareza, que daqui pra frente vou precisar respirar TI literalmente e principalmente me aprofundar nas tecnologias mais promissoras do mercado, pra conseguir acompanhar essa constante e acelerada evolução e transformação digital global...!


Parabéns pelo artigo e muito sucesso!!!

0
Naiara Santos

Naiara Santos

15/10/2021 14:26

Parabéns!

0
William Fernandes

William Fernandes

15/10/2021 12:38

Parabéns pelo artigo, realmente devemos ter muita sabedoria na hora de escolher as tecnologias, atualmente vejo empresas adotando devs "full cycle", alta denanda projetos e diversas tecnologias, mas o importante é estar preparado para resolver problemas.

0
Marcos Bruno

Marcos Bruno

15/10/2021 12:29

Boa tarde!

A evolução da programação veio puxada também pelo progresso da tecnologia dos computadores. O meu primeiro contato com um PC foi em um CP 500 que tinha um processador Z80 de 8 bits de endereçamento de dados e no máximo 20Mhz de clock. Não tinha HD nem disco flexível o programa era carregado por um player de fita cassete externo (isso tudo no final da década de 80). Hoje qualquer celular meia boca tem um processamento centenas de vezes mais rápido.

None

Brasil