1

Gestão de Requisitos X Gestão do Ciclo de Vida do Requisito

#Produto Digital #Modelagem de Negócios #Design Thinking
Sávio Aleixo
Sávio Aleixo
Durante nossa vida somos condicionados a cumprir exigências, condições ou melhor, cumprir requisitos para corresponder a uma necessidade ou desejo. Você já percebeu que tudo que fez ou fará precisa cumprir requisitos? Tomamos como exemplo, os requisitos para se candidatar a uma oportunidade de trabalho, onde o gestor de recursos humanos apresenta uma série de requisitos que o candidato ou candidata deve possuir, para pleitear a oportunidade numa empresa. Não só para oportunidades de trabalho, mas para tudo que envolve atingir a um objetivo.

Para realizar uma graduação você precisa cumprir requisitos, concluir o ensino médio. Para concluir uma graduação você precisa cumprir os requisitos da carga horária total/créditos do curso e o trabalho de conclusão e por aí vai. Esse processo, não é diferente para concepção de um produto, projeto, sistema ou solução, pois segue a mesma premissa, requisitos precisam ser cumpridos. No entanto, se eu dissesse que há possibilidade de gerenciar os requisitos de forma ampla e até mais detalhada?

Tudo inicia-se na etapa de captura do requisito, através do reconhecimento de uma necessidade ou objetivo. Para os mais familiarizados com a gestão de requisitos, a captura é também conhecida como elicitação (BABOK, 2015). Mediante a uma variedade de ferramentas e técnicas de acordo com a necessidade, como por exemplo, entrevistas e questionários, é possível capturar as necessidades dos usuários/clientes e posteriormente desenvolver o requisito através das atividades de: 1) Elicitação, 2) Análise; 3) Especificação; 4) Validação (GOTTESDIENER, 2005), no entanto para melhor gestão e desenvolvimento, somos apresentados a gestão do ciclo de vida do requisito. 

O ciclo de vida dos requisitos inicia-se com a necessidade de um negócio ou exigência das partes interessadas, como requisito, que deve ser gerenciado até a aprovação final. O requisito potencial, originado da elicitação pode ser desenvolvido através das cinco tarefas: 1) Rastreabilidade, o acompanhamento do requisito; 2) Preservação, para utilização posterior a um projeto ou solução correlata; 3) Priorização, o adiantamento do requisito mediante ao grau de necessidade/importância; 4) Avaliação de mudanças, mediante a mudanças dos requisitos uma avaliação é necessária 5) Aprovação, junto as partes interessadas (BABOK, 2015).

Dehghani (2019) nos faz refletir sobre o valor que o projeto fornece, pois a gestão não é finalizada após a implementação do requisito. O título deste artigo coloca uma gestão contra a outra propositalmente, no entanto, considere como um convite a reflexão, pois ambas se complementam. Caberá ao gestor e a equipe, assegurar e integrar as tarefas para uma melhor gestão e atendimento das necessidades do produto, projeto, sistema ou solução. 

Para saber mais

BABOK - INTERNATIONAL INSTITUTE OF BUSINESS ANALYSIS (2015) “Um Guia Para O Corpo de Conhecimento de Análise de Negócios (Guia Babok)”. Canadá: International Institute of Business Analysis (IIBA).

DEHGHANI, N. (2019). “Defining Requirements Management Process for Product Development Projects”. Helsinki Metropolia University of Applied Sciences. Master’s Degree. Industrial Management. Master’s Thesis.

GOTTESDIENER, E. (2005) “The Software Requirements Memory Jogger - A Pocket Guide to Help Software and Business Teams Develop and Manage Requirements”, 5ª th, GOAL/QPC.

SOMMERVILLE, I. (2007) “Engenharia de Software”. 8. ed. São Paulo: Pearson Addison Wesley.
1
40

Comentários (1)

1
Vagner Bellacosa

Vagner Bellacosa

10/09/2021 22:43

Savio, bom artigo, parabens

Eu gosto do novo, de aprender, conhecer pessoas, ser desafiado e compartilhar experiências.

Brasil