0

GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE SOFTWARE

Anderson Paiva
Anderson Paiva
Um projeto é um empreendimento com características próprias que tem princípio e fim; é conduzido por pessoas e visa a atingir as metas estabelecidas dentro dos parâmetros de prazo, custo e qualidade (PMBOK, 2017).


Trata-se de um empreendimento temporário, ou seja, um projeto que tem um ponto definido de início e fim, cujo objetivo é criar um produto ou serviço distinto e único no sentido de que o produto do projeto possa se diferenciar de outros.


Gerenciar consiste em “executar atividades e tarefas que têm como propósito planejar e controlar atividades de outras pessoas para atingir objetivos que não podem ser alcançados caso as pessoas atuem por conta própria” (KOONTZ; O ́DONNEL; WEINRICH,2002).


A gerência é um dos aspectos mais crítico em projetos, pois sua ausência demonstra resultados não favoráveis para nenhuma organização que esteja executando ou planejando um projeto.


A aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas em projetos visa a atingir ou até mesmo exceder às necessidades e expectativas dos clientes e demais partes interessadas do projeto (PMBOK, 2017).


A gerência de projetos envolve muitas decisões:


● Escopo, tempo, custo e qualidade.

● Diferentes necessidades e expectativas dos clientes e partes interessadas.

● Requisitos identificados (necessidades) e não identificados (expectativas).


Em geral, os projetos são gerenciados a partir de metodologias já utilizadas pelas empresas; não há um único modo de gerenciar, e sim melhores caminhos a seguir baseados em projetos anteriores.


Sendo assim, os projetos de software possuem uma particularidade: o primeiro passo para entender é que, muitas vezes, os projetos de software são caros e, às vezes, envolvem riscos às pessoas.


É muito grande o risco de projetos de software darem errado, por esse motivo alguns guias e metodologias foram criados com a finalidade de ajudarem esse processo de desenvolvimento de software.


Um dos principais guias de gerenciamento de projeto é o Project Management Body of Knowledge (PMBOK), ou Corpo de conhecimento em Gerência de Projetos. Trata-se de um padrão internacional reconhecido pelas instituições IEEE e ANSI.


A primeira versão do PMBOK foi publicada pelo Project

Management Institute (PMI), ou Instituto de Gerência de

Projeto, em 1987. Fundado em 1969, o PMI tinha como

objetivo identificar as práticas de gerência em projetos.


Deve-se considerar o desenvolvimento de softwares um projeto como outro qualquer, mas com detalhes de engenharia que utilizam muitas normas, técnicas e metodologias.


O PMBOK, para muitos, é o principal guia de projetos, abordando os detalhes e técnicas. Para projetos de software, foram lançadas algumas metodologias, que conheceremos em breve.


Para auxiliar esse processo de software, metodologias foram construídas. Nos Estados Unidos da América, foi elaborado o Capability Maturity Model (CMM), e depois modelos mais atualizados, como o People-CMM e o Capability Maturity Model Integration (CMMI).


Na Europa, há um modelo semelhante ao CMMI dos Estados Unidos da América. O modelo é reconhecido como uma norma ISO/IEC 12207 e evoluiu para o ISO/IEC 15504.


Além desses métodos e normas, há outros que são utilizados em Projetos de Software. O CMMI foi elaborado principalmente pelas forças armadas dos Estados Unidos junto com a National Aeronautics and Space Administration (Nasa).


Na atualidade, muitos se preocupam com a Qualidade de Software para os projetos. Tal preocupação surge principalmente com o advento da internet, pois a área de Qualidade Assegurada é uma das mais importantes em Projetos de Software.


Certamente, vocês já deve ter ouvido falar da área da qualidade e, no tocante a softwares, não é diferente. Conhecida como Quality Assurance (QA), ou Qualidade Assegurada, é algo de grande importância para projetos

internacionais.


No Brasil, a Qualidade de Software é utilizada sobretudo

em Projetos de Software de grande porte, de âmbito

internacional com inúmeras exigências.


Provavelmente, vocês já ouviram falar de testes de Software, uma vez que essa área faz parte da Qualidade Assegurada. Aqui, uma norma que está sendo muito recomendada é a ISO/IEC 27000, referente à segurança da informação.


É uma norma que ainda está em construção. Não se preocupe, há diversas normas e métodos para conhecer

e aplicar em Projetos de Software.


Há um guia especial para ser utilizado em software, o Software Engineering Body of Knowledge (SWEBOK), ou Corpo de conhecimento em engenharia de software.


Podemos conhecer um pouco sobre tais serviços voltados à tecnologia da informação, conhecida como ITIL e ISO/IEC 2000.


Há uma família de ISOs para se abordar, mas podemos ver isso em outro artigo. Nesse caso percebemos como a Engenharia de Software está envolvida em todo o projeto que envolva software.


0
0

Comentários (0)

None

Brasil