0

Ganhe dinheiro para realizar seus sonhos: Incubadoras, Aceleradoras e acionistas

#Marketing Pessoal #Intraempreendedorismo #Marketing Digital
Vagner Bellacosa
Vagner Bellacosa

Incubadoras e Aceleradoras


Quando a sua ideia vale dinheiro no Bolso.


Salve padawan, tiozão morgando, cheio de cursos por fazer e projetos por entregar, mas resolvi dar uma passadinha em nosso fórum e deixar umas palavrinhas para o futuro, retribuindo a Digital Innovation One, pela possibilidade de acessar tantos workshops e bootcamps gratuitos e ter um fórum com quase 600.000 pessoas.


Hoje vamos falar em ganhar dinheiro com programação, alçando voo e mergulhando no empreendedorismo e intraempreendedorismo com acesso as incubadoras e aceleradoras, bora la? Mas antes de irmos ao ponto, vamos esclarecer sobre o tema.


O que é Incubadora?


Antigamente ligada a Universidades e Guildas de artesoes, é um espaço físico onde um empreendedor inicia os primeiros passos para uma empresa, produto ou processo de sucesso.


Um local com infraestrutura necessária e com custo acessível e com inúmeros profissionais para darem um suporte, originalmente professores, empregados das universidades e voluntários.


Com o bom das empresas Dot Com no final do século passado, o negócio se profissionalizou e surgiram empresas, com inúmeros andares e sala, com CPD próprio, contadores, advogado, administradores e economista. Que administravam a empresa na parte burocrática, deixando o empreendedor focado na técnica e processo, não desperdiçando energia valiosa em burocracia. A remuneração era em participação no capital e acesso compartilhado a tecnologia e patentes.


Com esse aporte fabuloso de recursos as últimas décadas do século XX, foram fabulosas onde surgiram inúmeras das grandes empresas de hoje, inclusive com patentes em uso e softwares até hoje em funcionamento.


O que é uma Aceleradora?


Resumidamente executa a mesmas atividades da Incubadora, porém numa abordagem mais capitalista e agressiva, calma que explicarei em detalhes. Imagine que você tem um protótipo da ideia, mas faltam profissionais, recursos e equipamentos e para conseguir tudo isso necessita de capital.


As aceleradoras entrem nesse processo com o Capital, fornecendo o capital necessário para o kick-off do seu projeto, lembrando que nos contratos eles ficam com 30% ou mais da empresa. Porém quando o negócio é inovador vale a pena arriscar e associar-se com essas empresas, inclusive o Estado de São Paulo tem um banco de investimento para isso,


O que muda entre Incubadoras e Aceleradoras?


A maior diferença são os prazos, na incubadora a empresa pode ficar até 4 anos, enquanto na aceleradora o prazo é de um ano.


Os desafios na Aceleradora são maiores devido aos montantes de capital investidos, na casa dos milhões, por isso os check points e okrs são maiores, com validações e meetings mensais.


O processo seletivo é feito através de olheiros nas aceleradoras e de editais nas incubadoras, normalmente as incubadoras estão associadas a Fundaçoes e Autarquias, exemplo FAPESP e SEBRAE.


Agora sim, vamos ganhar dinheiro.


Sabendo que existem entidades que podem auxiliar no kick-off no projeto dos seus sonhos, recomendo fazer os cursos de Empreendedorismo e Staturp, num próximo artigo, irei falar como montar um dossiê e apresentar a sua ideia.


Neste artigo falaremos por cima sobre a criação, a meta e o acesso a fontes de recursos, toda boa ideia surge para solucionar um problemas ou melhorar uma solução existente. Veja por exemplo a Uber, que melhorou o serviço de Taxis (que era bem ruim), o IFOOD inovou em divulgar o restaurante e conectar comilões com os restaurantes e coordenar os motoboys, tudo já existia, mas demandava tempo e custos ao pequeno restaurante.


Então jovem padawan, se é imaginativo, gosta de solucionar problemas, quem sabe estamos perante um Edison, Bell, Holleryth, Nobel, Jobs ou Gates, lute pelo seu lugar ao sol, de asas a imaginação e crie a solução inovadora do amanhã.


Cursos gratis: https://web.digitalinnovation.one/browse?filter=Empreendedorismo%20e%20Startups



Crie a solução.


Analise o problema, veja a tecnologia necessária, crie o protótipo, faça o que goste, o Yahoo e o Google nasceram da cabeça de universitários que queriam catalogar páginas da Web, copiando a ideia dos catálogos e listas telefônicas em papel, que existiam na época.


De o melhor, ao criar seu protótipo e libere versões gratuitas a exemplo do Emule ou Napster, corrija os desfeitos e bugs aparentes e corra atrás de um Banco de investimento.


Veja como criar um dossiê de solicitação de investimento e vá a luta, apresente seu protótipo e visite todas as capelinhas, tais como corretoras, bancos de investimento, fundações, autarquias, use e abuse do Google.


Faça cursos no sistema S e aprenda mais sobre o ramo de negócio e partes burocráticas, dando os primeiros passos para a realização do sonho.


Venda as ações e obrigações


Ainda nao é muito comum no Brasil, mas la fora funciona muito bem e gradualmente no Brasil esta se tornando uma realidade, crie sua empresa, siga as instruções da BOVESPA e CVM, para abrir seu capital e atrair pequenos investidores, que participarão como acionistas, votando no conselho e aportando capital para a empresa crescer. Existem inúmeros filmes na Netflix que exploram esta oportunidade, onde um pequeno consegue capital de anônimos e realiza seus sonhos.


Lembrando que obrigações são empréstimos que a empresa faz de particulares para investir em um projeto pagando por juros e em algumas situações convertendo a divida em ações através de um aumento de capital


Sonhe alto.


Finalizando nosso artigo, deixo a mensagem de um tiozão renegado. SONHE ALTO, se é para sonhar, sonhe, pense grande e não tema os desafios. A jornada é longa e a estrada não é das melhores, muitos desafios te aguardam, mas ao final o pote de ouro será tentador e altamente gratificante.


A Coca-cola era uma farmácia de bairro, a Microsoft e Apple eram empresinhas de garagem e por aí a fora, verá que todas as grandes de hoje, tiveram um início modesto e pequenino, que cresceram graças ao sonho dos seus criadores.


Conclusão


Demos os primeiros passos rumo ao negócio dos sonhos, de fundar e criar a sua própria empresa, introduzimos os temas de aceleradoras e incubadoras para o jovem padawan inovador trilhar e criar a sua própria jornada.


Qualquer dúvida, chama aqui. Se algo não ficou claro, me avise que melhorarei nas próximas revisões, meus textos são trabalhos em curso, ganhando edições e acréscimos sempre que necessário.


Agora um pouco de diversão. Visita ao Grande Porte conhecendo Paços de Sousa https://www.youtube.com/watch?v=t-jQhJRM6Bs  



Espero ter ajudado, lembre-se que é um trabalho continuo.


 https://www.linkedin.com/in/vagnerbellacosa/


 https://github.com/VagnerBellacosa/


Pode me dar uma ajudinha no YouTube?


 https://www.youtube.com/user/vagnerbellacosa



#Desafio21DiasNaDIO

0
3

Comentários (0)

Analista Programador dinossauro IBM Mainframe

Brasil