0

Fundamentos, Comandos e Atalhos Linux

#Linux
G
Gabriel Machado

Introdução ao Linux e configuração inicial


Requisitos básicos para instalação

Processador dual core de 2GHz ou superior.

2 GB de memória RAM.

40 GB de espaço livre no disco rígido.


Parte 1: Histórico do Linux


Fundamentos de Linux

Criado em 1991 por Linus Torvalds.

Baseado em Unix

O Linux é o Kernel ou Núcleo do Sistema Operacional (faz a comunicação entre o hardware e o sistema operacional)

É desenvolvido por diversas pessoas e empresas ao redor do mundo (vários sistemas operacionais e Kernels baseados no Linux)

Multitarefa / Multiusuário


Distribuições

O que é uma "distro"? Uma distro é uma distribuição baseada no Kernel Linux.

O Linux pode ser "distribuído" por empresas, organizações ou mesmo pessoas, quem podem colocar características próprias no sistema operacional, como configurações, aplicações, sistemas de instalação entre outras peculiaridades, assim damos o nome de distribuição, sua escolha é pessoal e depende da aplicação.

Distribuições mais conhecidas:

  • Ubuntu
  • Debian
  • SuSE
  • fedora
  • Red Hat
  • KALI


O Sistema Operacional Ubuntu

O Ubuntu é um sistema operacional de código aberto que é desenvolvido pela Canonical com base no kernel Linux, tem bases no Debian e hoje é muito aceito por muitas comunidades de usuários.

O que é a Doca? A Doca é a barra de tarefas do Ubuntu Linux.


O que é um software de virtualização de Sistemas Operacionais? É um software que permite criar máquinas virtuais com um ou mais sistemas dentro de um único ambiente.


Conhecendo o terminal Linux e seus atalhos


Conhecendo o terminal e primeiros comandos


Terminal

O Terminal, Shell ou Konsole é uma linha de comando onde podemos executar programas específicos do Linux.

A maioria dos comandos são iguais em diversas distribuições.

Uso para automação de processos através dos comandos, facilita o trabalho no Sistema para Profissionais da Área.


O Terminal pode ser aberto de diversas formas, mas a sequência de teclas CTRL + ALT + T facilita seu acesso.

Dentro do terminal a sequência de teclas CTRL + SHIFT + T abre uma nova aba.

O comando pwd mostra o caminho do diretório.

O comando ls lista os diretórios e arquivos da pasta. O comando dir pode ser usado também, mas o comando anterior funciona melhor.

O comando cd (change directory) muda o diretório atual, ou seja, muda o caminho, podemos entrar e sair de pastas.

Exemplo:

~ 
❯ pwd
/home/gabriel

~ 
❯ ls
 'Área de Trabalho'   Documentos   Imagens   Vídeos   Downloads   Música    

~ 
❯ cd Vídeos

~/Vídeos 
❯ pwd
/home/gabriel/Vídeos


O comando mkdir (make directory) cria um diretório de arquivos, uma pasta.

Exemplo:

~/Vídeos 
❯ mkdir teste

~/Vídeos 
❯ ls
teste

~/Vídeos 
❯ cd teste       

~/Vídeos/teste 
❯


Para sair da pasta atual e retornar para a anterior é só digitar o comando cd .. :

~/Vídeos 
❯ cd teste

~/Vídeos/teste 
❯ pwd
/home/gabriel/Vídeos/teste

~/Vídeos/teste 
❯ cd ..   

~/Vídeos 
❯ pwd
/home/gabriel/Vídeos

~/Vídeos 
❯


O comando cd / navega para a pasta raiz que contém todos os diretórios referente ao linux.

É possível utilizar algumas opções para os comandos. Exemplo:

ls -l (utiliza o formato de lista longa, mais detalhes):

~/Vídeos 
❯ ls
teste

~/Vídeos 
❯ ls -l 
total 4
drwxrwxr-x 2 gabriel gabriel 4096 mar 19 17:45 teste


Como saber as opções de um comando? É possível acessar o manual de um comando usando o man <comando> . Exemplo: man ls .


Quando o manual abrir, aperte enter para navegar a página, h para ajuda ou q para sair.

É possível obter o manual de alguns comandos em português utilizando a opção --help .

Exemplo: ls --help .


Para voltar para o diretório pessoal basta apenas utilizar: cd ~ .

O comando history mostra todos os comandos utilizados durante a execução do ubuntu no terminal.

A seta para cima e a tecla para baixo do teclado navega pelos comandos utilizados anteriormente.

É possível executar o último comando utilizado no terminal usando !! .


Atalhos

Ctrl+C : Cancela o comando atual em funcionamento.

Ctrl+Z : Pausa o comando atual, em primeiro plano ou segundo plano.

Ctrl+D : Faz o logout da sessão atual (fecha o terminal).

Ctrl+W : Apaga uma palavra na linha atual.

Ctrl+U : Apaga a linha inteira.

Ctrl+R: Busca um comando recente.

!!: Repete o último comando.

exit: Faz o logout da sessão atual (fecha o terminal).


Comandos

mv: mover ou renomear um arquivo ou diretório.

Pode ser utilizado de duas formas:


mv <nome_atual_do_arquivo_ou_pasta> <novo_nome_do_arquivo_ou_pasta>, exemplo:

mv arquivo1 arquivoA

O arquivo1 será renomeado para arquivoA.


mv <nome_atual_do_arquivo_ou_pasta> <diretório_no_qual_o_item_será_movido>, exemplo:

mv arquivo1 ~/Documentos/teste

O arquivo1 será movido para o diretório teste do caminho especificado.


touch: cria um arquivo. Exemplo: touch teste.txt - com isso foi criado um arquivo do tipo texto chamado teste.


cp(copy): faz a cópia de um item. Exemplo:

cp <item_a_ser_copiado> <destino_do_item>

cp teste.txt ~/Imagens

Irá fazer uma cópia do arquivo teste.txt na pasta Imagens.


A tecla tab autocompleta o que você está digitando com base nos itens contidos na pasta.


clear: limpa o terminal (apaga o que foi impresso).


rmdir: remove (apaga) um diretório.


rm: remove (apaga) arquivo.


Revisão dos comandos e atalhos

ls: Lista diretórios e arquivos

ls -l: Opção lista longa "com detalhes"

ls dir: Lista outro diretório que não o corrente

history: Histórico de comandos

mkdir: Cria Diretórios

rm -r: Remove diretórios com a opção -r

cd dir: Muda o diretório atual para outro

cd /: Muda para o diretório raiz /

cd ~: Muda para o diretório pessoal (home)

cd ..: Retoma ao Diretório Anterior

--help: Exibe o arquivo de ajuda de um comando

man comando: Exibe o manual do comando

mv antigo novo: Renomeia um diretório ou arquivo

mv dir/ ~: Move um diretório para o diretório pessoal

touch nomearquivo: Cria arquivos vazios no Linux

cp arquivo diretório: Faz uma cópia de um arquivo para outro diretório

rmdir: Específico para remover diretórios

rm nomearquivo: Remove um arquivo

clear: Limpa o terminal

exit: Finaliza sessão do terminal

4
51

Comentários (4)

0
G

Gabriel Machado

22/03/2021 10:37

Cristiano Bonifácio
Top irmão!!!
Estou começando a estudar Linux e já percebi que me identifiquei.
Deixa eu te perguntar?
Eu tentei fazer um artigo esses dias e carreguei as imagens tudo certinho, mas na hora que eu salvo e atualizo a página do artigo, as imagens não aparecessem, fica só aquele ícone de imagem não carregada.
Como carregar as imagens?



Opa, valeu pelo comentário, no meu caso não utilizei imagem nesse artigo, fui fazendo as anotações pelo notion e lá tem uma opção de inserir caixa de código, selecionei o tipo bash e colei o conteúdo do terminal. Quando terminei as anotações do notion apenas copiei de lá e colei aqui e veio no mesmo formato. Espero ter ajudado!

0
Rosemeire Deconti

Rosemeire Deconti

21/03/2021 08:59

Valeu! Adorei!

0
Cristiano Bonifácio

Cristiano Bonifácio

20/03/2021 19:42

Top irmão!!!

Estou começando a estudar Linux e já percebi que me identifiquei.


Deixa eu te perguntar?


Eu tentei fazer um artigo esses dias e carreguei as imagens tudo certinho, mas na hora que eu salvo e atualizo a página do artigo, as imagens não aparecessem, fica só aquele ícone de imagem não carregada.

Como carregar as imagens?

0
Robson Santos

Robson Santos

20/03/2021 19:35

Eu escrevi isso tudo no caderno durante a aula de linux, legal esta escrito aqui tbm ja serve de uma colinha rápida

20 anos / Desenvolvedor na Seidor Brasil

Brasil