0

Full Stack - Por que ter só uma se eu posso ter todas ?

Leonardo Demetrio
Leonardo Demetrio

Oi pessoal, tudo bem ?

Galera, calma o título foi só para chamar atenção, mas se você está aqui é porque funcionou!



Galera hoje eu vou falar sobre o famoso profissional FULL STACK.


Ver a imagem de origem


Durante a minha trajetória, posso dizer que conheci vários FULL STACKS. Essas pessoas tinham um conhecimento muito grande em várias tecnologias, como JAVA, C#, PL/SQL, C, Servidor NGINX, Servidor Tom cat, HTML, CSS, JavaScript. Entretanto, essas pessoas eram especialistas em uma única tecnologia.


Hoje em dia a figura do Full Stack é difundida como algo bom, mas no fim todos acabam sendo "full stacks". Você usa a melhor tecnologia a melhor ferramenta para resolver o problema de um determinado cliente.


Tem uma frase que eu uso que é :

"Seja especialista em uma coisa, mas saiba um pouco de tudo".


Vamos pegar um exemplo e quero que você reflita ok ?


Abaixo temos duas fotos, a primeira é do Chef Jacquin especialista em comida francesa e a segunda é de um Chefe de cozinha normal que cozinha um pouco de tudo. A pergunta que eu quero fazer é, quem ganha mais ?


Talvez o Jacquin saiba fazer as mesmas coisas que o segundo chefe sabe, mas talvez o contrário não ocorra.


Ok Leo, mas o que você quer trazer com isso ? Quando nos especializamos em algo, em uma profissão ou em uma stack seja ela C# com .NET Mono e Xamarim, JAVA com Spring JPA e ou Android ou Python com Flask e Django. Estamos nos especializando em uma única stack. Claro nada nos impede de navegar por outras áreas do mercado, mas sendo especialista sabemos aonde podemos mexer, sabemos certos problemas recorrentes no mercado e podemos montar uma marca pessoal melhor sobre aquilo que somos especialista além de ganhar mais. Quando nos especializamos muito em algo, podemos também oferecer por fora nossos serviços, porque sabemos qual parafuso apertar!


Ver a imagem de origem


Vejo todos os dias vários cursos na internet dizendo que vão te tornar FULL STACK em 12 meses, mas isso acaba não sendo uma realidade para a maioria das pessoas. Não leve a mal, os cursos não são ruins, tem cursos na DIO, na UDEMY, no Youtube, na Rocket, mas temos que saber filtrar bem isso e absorver o conhecimento que precisamos e que é necessário e interessante naquele momento da nossa carreira.


O Full Stack, de acordo com muitos programadores Sr que eu falei, é o cara que tem um bom tempo de mercado, geralmente um back-end que entende de 3 linguagens sejam Python, PHP,JAVA, C#,GO e entende muito de banco de dados porque o back sempre trabalha com banco, por fim ele aprende o FRONT-END e o UI UX. Eu sei que vai ter gente que vai falar que o FRONT é muito mais díficil que o BACK-END, entretanto, o FRONT-END tem uma curva de aprendizado muito mais rápida que as linguagens BACK-ENDS.


Hoje em dia o FULL STACK mais conhecido é o JavaScript pela curva curta de aprendizado. Entretanto eu pergunto, será mesmo que uma pessoa que ficou 12 meses estudando terá conhecimentos sólidos na linguagem JavaScript a ponto de ser FULL STACK e quem sabe até mesmo bater de frente com outros programadores mas especialistas e experientes ?


Pensa comigo, um cara que quer virar FULL STACK JAVA, primeiro ele tem que ser um especialista JAVA que por si só demora, depois de ter estudar Springboot, JPA, API REST, Bancos de dados Relacionais (SQL, PL/SQL, PostgreSQL) e Não Relacionais (Mongo, Cassandra, Redis), criação de microsserviços ai sim ele parte para o FRONT e seus frameworks, sendo que ele já tem uma base pequena de JS, HTML e CSS por causa dos testes de API no Spring. Veja que é um caminho longo para qualquer pessoa.


Galera o que eu quis trazer aqui pode até ser uma critica, mas eu não desmereço full stacks, conheço muitos que dão um show, mas até eles falam para as pessoas se especializarem.


Mas Leo, eu quero ser full stack, e ai ? Bom, mesmo assim eu recomendo você se especializar em algo. Imagine que você é um especialista em Python e Data Science e quer virar Full stack. Enquanto essa mudança não ocorre porque você está estudando, treinando e colocando em prática, você ainda é um especialista Python Data Science e o mercado sempre vai precisar de você entendeu ?


Bom galera eu espero te esclarecido algumas coisas e mostrado uma certa visão de mercado para vocês.


Eu espero também que vocês estejam bem, fiquem com Deus e até a próxima!

0
0

Comentários (3)

1
André Lima

André Lima

27/06/2021 18:56

É o famoso Dev em T que o pessoal vem falando né. Em questão de estudos e até posicionamento de mercado eu concorde que a especialização é o ideal, com o tempo da pra ir agregando outras stacks. O negocio é que muitas vagas já pedem conhecimentos de front e back pra que tá iniciando. Então vc começa como um "fullstack júnior"

1
C

Caio Rorato

27/06/2021 18:56

Parabéns, ótima visão, para mim que sou iniciante, me faz manter o foco em uma direção inicial, para um dia abrir novos caminhos para novos ecossistemas e tecnologias ....

1
Guilherme Guidolin

Guilherme Guidolin

27/06/2021 18:44

Boa Leo, ficou bem legal o artigo.

Analista de sistemas. Sou apaixonado por tecnologia, marketing e games

Brasil