0

Estilo CamelCase PascalCase nomeando direitinho.

#Programação para Internet #Informática Básica #Boas práticas
Vagner Bellacosa
Vagner Bellacosa

O que é Camel Case, Pascal Case e case's?


Saiba como nomear variáveis, rotinas, funções e programas.


Salve jovem padawan, bem-vindo para mais uma sessão de parlapie do tiozão, vamos hoje explorar um dos temas mais sensíveis, que causam muita dor de cabeça e problemas a perder de vista.


Estou falando da nomeação de objetos, funções, rotinas, variáveis e itens dentro do seu código, cada linguagem tem suas regras rígidas para a nomeação, além disso existe uma sessão de Recomendações e boas práticas.


É uma técnica tao legal, que diversos setores a copiarem, podemos ver constantemente na publicidade, onde os especialistas em marketing usam quando querem passar a ideia de modernidade ligada a tecnologia.


Estou falando do padrão Pascal Case e Camil Case. Quantos ouviram falar deste padrão? Se não sabia ao nome com certeza deve ter visto na pratica, Veja os exemplos:


JavaScript, IPhone, iOS, DuPont, McCloud, MacLean, VanDyk, McDonald’s, BellSouth, MasterCard, TriStar Pictures e ThinkPade e DiCaprio


Muito usada no século XX, porém sua origem remonta ao Século XIX e surgiu em outra área de conhecimento, por incrível que pareça surgiu na Suíça, estou falando do método de camelo para escrever fórmulas química, que foi inventado por Berzelius em 1813. 


Berzelius, que era um químico, achava que era mais fácil escrever fórmulas químicas dessa maneira para ilustrar os compostos e facilitar o entendimento e evitando confusões na leitura devido a enganos na escritas.


Lembrando que nas origens da computação, o padrão de escrita era limitado a apenas a letras maiúscula, e para tornar os códigos mais legíveis, usam símbolos especiais, tais como – (traços) e _ (underlines), ficava bonito mas eram mais caracteres para escrever e gerar erros. 


O passo seguinte com o surgimento das letras minúsculas na tabela EBCDIC, os programadores de computador começaram a usar letras maiúsculas mediai, a partir de meados da década de 1970, objetivando uma forma elegante de documentar descrições comuns de várias palavras usadas em seu código de computador evitando assim fazer confusão com as palavras reservadas da linguagem de programação e comandos do mainframe. 


Tem-se início uma transformação na codificação que até hoje não foi concluída. A fim de tornar as descrições universalmente compreendidas por várias linguagens de programação de computador, como COBOL, Modula, PARC e PostScript, os programadores adotaram uma convenção de nomenclatura semelhante, apoiados pela IBM, que fornecia treinamentos e os técnicos iniciais para operarem os computadores.. 


Por exemplo, em vez de escrever End of File, End_of_File ou End-of-File, os programadores simplesmente escrevem EndofFile, que é muito mais rápido e não entra em conflito com outras regras de programação para caracteres especiais.


Existem inúmeras variações deste estilo de nomenclatura, vou falar dos mais famosos, conhecidos e utilizados o CamelCase e o PascoalCase.


CamelCase


Camel Case é a prática de escrever palavras compostas ou frases de modo que cada palavra ou abreviatura no meio da frase comece com uma letra maiúscula. Usando normalmente na nomeação das variáveis, rotinas, sub-rotinas, funções e etc.


Mas antes de usa-la verifique na sua instalação as boas praticas de programação para saber se é permitido usar, dependendo sempre do departamento de qualidade de software.


Pascal Case


Pascal Case é a prática de escrever palavras compostas ou frases de modo que cada palavra ou abreviatura comece com uma letra maiúscula.


O uso desta técnica é recomendado pelas diretrizes de estilo de codificação de muitas organizações ou projetos de software. Lembre-se leia os manuais de boas-práticas e seja um cara legal.


Para algumas linguagens (como Mesa, Pascal, Modula, Java e .NET), esta prática é recomendada pelos desenvolvedores da linguagem e, tornou-se parte da cultura da linguagem.


Espero ter ajudado galerinha, padawans usem e abusem da informação e nomeiem direitinho suas variáveis. 


snake_case


Uma das versões mais antigas de nomenclatura de variáveis, utilizando o underline, muito comum nos mainframes e alta plataforma.


Exemplo: AX_LOGIN_USER RG_HEADER_TIPO CT_REG_LIDOS


kebab-case


Uma variação do snake_case, mas adoptado principalmente na baixa plataforma e muito utilizado na programação web, utilizando o traço. Muita gente utilizada mas nao sabe o nome e ate ficaria confusa num primeiro momento.


Exemplo: user-login fl-lido-registro ct-tbl-Vendor reg-header


Nomenclatura de variáveis


Importante antes de codificar em uma nova instalação, leia o manual de boas praticas da instalação, verifique com DEVs mais antigos qual o padrão utilizado, pois infelizmente como consultores temos o poder de criar, codificando instruções em papel em programas no mundo virtual. Mas infelizmente somos subordinados ao cliente, que define as regras e maneiras de conduzir o desenvolvimento.


Parece estranho esta limitação, mas nao queira inventar a roda, vai dar ruim, acredite no tiozão, sistemas informáticos são feitos por pessoas para pessoas, então prepare-se tenha a mente aberta, saiba que cada cliente tem suas próprias regras, algumas até conflitam com as boas praticas do mundo DEV. Mas se existe alguma razão deve ter. Cuidado com os Egos inflados, faça seu trabalho e adeque-se ao projeto / cliente.


Deixo algumas dicas para nomes de variáveis e afins, mas lembre-se da maxima, seja simples, seja claro e pense que algum dia, poderá estar de madrugada debugando o programa em busca do causador do ABEND/Bug e com certeza ira querer esfolar o DEV que criou a variável XT3001VL, seja la o que ela signifique.


  • Use nomes identificáveis
  • use e abuse do padrão case apresentado neste artigo
  • ajuda usar tipos, exemplo Ct-Contador Ax-Auxiliar Fl-Flag AC-Acumulador Reg-registro Tbl-Tabela etc
  • nao declare variáveis se nao as utiliza, consome memoria e dificulta debug
  • cuidado com nomes parecidos, vai dar ruim, exemplo ct_acum1 ct_acuml
  • cuidado ao utilizar 1 e l, 0 e O, para uma vista cansada achar erro é froids
  • agrupe as declarações, ajuda quando temos que catar milho em programas grandes
  • respeite as normas e boas praticas
  • siga o padrão do programa
  • seja claro e limpo, na duvida deixe um comentário explicando, pense no próximo programador a trabalhar em seu código e mesmo você passado alguns meses nao se lembrara, o que é XT3001VL
  • leia o dicionário de dados, atualize a documentação e boa sorte padawan.



Conclusão


Fizemos nossa pequena jornada pela historia da informática, relembrando as aventuras de um químico suíço que nao imaginava que sua ideia para solucionar confusões em formulas, fosse ser tão util no século XXI.


Falei anteriormente, mas reforço, pois é importante ficar bem claro na mente. Apesar de sermos artesãos altamente qualificados, criados de programas e estruturas do zero, somos limitados pelo cliente, afinal vivemos em sociedade capitalistas e que sempre alguém ira comprar nosso trabalho.


Esse cliente tem as suas próprias metodologias, nomenclaturas e regras, que nos consultores devemos respeitar e obedecer. Por isso antes de sair fazendo, leia as normas internas, leias os padrões de nomenclaturas e palavras reservadas naquela instalação. Saiba que cada instalação é uma instalação, pessoas gostam de personalizar e criar suas próprias regras. Nos devemos obedecer e respeita-los.


Use as boas praticas e recomendações da comunidade de DEV, mas em caso de conflito, respeite a norma da Instalação cliente. Espero ter ajudado.


O tiozão numa camelada : https://www.youtube.com/watch?v=PI7o8i_Fl8o


Estude, experimente e conheça. Qualquer problema é só gritar socorroo...


Bom curso a todos.


 https://www.linkedin.com/in/vagnerbellacosa/


 https://github.com/VagnerBellacosa/


Pode me dar uma ajudinha no YouTube?


 https://www.youtube.com/user/vagnerbellacosa

3
23

Comentários (3)

1
Diogo Dantas

Diogo Dantas

26/07/2021 09:55

Eu costumo nomear as variáveis desta forma:


Ao invés de escrever "EndofFile" eu faço "endOfFile".


Bom artigo :)

0
Vagner Bellacosa

Vagner Bellacosa

26/07/2021 09:32

Eu q agradeço seu feedback amigo Elton... juntos somos mais fortes

1
Elton Freitas

Elton Freitas

26/07/2021 06:51

Muito bom Vagner, sempre usei, mas não sábia a origem nem a diferença de nomenclatura, obrigado por compartilhar o seu conhecimento.

Analista Programador dinossauro IBM Mainframe

Brasil