4

É necessário voltar ao começo?

Robson Silva
Robson Silva

Quantas vezes você ficou na dúvida sobre a diferença entre usar um array ou uma lista? Um tipo x(mais genérico) ou um tipo y(mais especializado)... 


Você entende as diferenças entre os tipos disponíveis na sua linguagem de programação?


Essas dúvidas que eventualmente surgem, são reflexos da inexperiência do desenvolvedor com relação aos processos de desenvolvimento de aplicações e são super normais no começo, entretanto, uma habilidade mais generalista e que é indispensável (a lógica de programação) possui todo um arcabouço de informações que pode e com certeza vai lhe ajudar muito, não no começo, mas em toda a sua trajetória!

Dando os nomes corretos as coisas:


Você sabe o que vem a ser uma busca binária? Uma Quicksort?


Conhece a notação Big O?


Domina as peculiaridades dos grafos ou das tabelas hash?


Foi familiarizado com as diferença entre um vetor(array) e uma lista e em quais situações é mais aconselhável uma ou outra dessas estruturas de dados?


Já ouviu falar de recursão ou do algoritmo do caixeiro viajante? Dijkistra lhe diz algo?


Desde quando comecei na comunidade até hoje, muitas coisas em como eu encaro a programação mudaram, digamos que já não me basta apenas ver uma aplicação funcionando (aliás provavelmente vou precisar refatorar a maior parte de meu portifólio), mas ela também deve ser a melhor possível dentro do contexto ao qual está relacionada.


Partindo deste pensamento, foi inevitável revisitar a competência dos algoritmos, eles são a base de tudo o que apresentamos como trabalho, mas infelizmente, dada a quantidade de abstrações das quais dispomos hoje, tenho a impressão que começaram a ser relegados a um lugar secundário e isso muitas vezes acaba afetando desnecessariamente o desempenho de nossas aplicações.


Faz algum tempo, tive a oportunidade de conhecer o excelente trabalho de Aditya Y. Bhargava e mais recentemente, adquiri seu livro destinado a iniciantes no entendimento de algoritmos e isso sinceramente, mudou tudo, inclusive fica a dica de leitura.


Aqui na comunidade, você também encontrará excelentes artigos e conteúdos sobre o tema lógica de programação e minha modesta sugestão é "Pegue o quanto puder!", sua percepção das coisas vai mudar completamente, seus códigos e a maneira como você os enxerga também, e não, não vou explicar nada sobre algortimos ainda, este texto é realmente sobre "deixar uma pulga atrás da orelha e incentivar a busca por conhecimento", mas quem sabe brevemente não tenhamos novos artigos falando mais sobre isso?


Por enquanto, cuidem-se bem e... não esqueçam o ;


Atenciosamente:


Robson

3
45

Comentários (3)

0
Guilherme Silva

Guilherme Silva

05/10/2021 11:25

Belo artigo, em 2013 eu precisei trancar minha faculdade de sistema da informação no 2º período mais a matéria que mais gostei e me dei bem foi fundamentos da programação 1 onde ali aprendi um pouco sobre lógica e algoritmos, em 2019 quando voltei a retomar os estudos o pouco de lógica que aprendi lá atrás me fez ter facilidade em voltar sem muitos mistérios, ainda tenho um iceberg para aprender de algoritmos e lógica, mais sei que isso realmente faz muita diferença.

0
Isaias Bueno

Isaias Bueno

05/10/2021 10:15

Nunca subestime o básico, falo por experiência própria rsrs.

1
Daniel Araújo

Daniel Araújo

05/10/2021 09:56

É, esses conceitos mais complexos a pessoa vai aprendendo com o tempo

None

Brasil