17

DICAS GIT E GITHUB

#GitHub #Git
LETICIA SANTOS
LETICIA SANTOS

Nesse pequeno tutorial vou colocar algumas dicas que super funcionam no Git quando você está usando o GitHub.

Lembrando que a intenção foi fazer em uma linguagem fácil e sem muito termo técnico, além de é claro ser feito por uma iniciante e todas as recomendações de alteração/melhoria são válidas e muito bem vindas!

Não esqueçam de criar o repositório no GitHub antes de seguir esse passo a passo hein!

Primeiro vou colocar os comandos úteis:

  1. git init = iniciar o monitoramento git
  2. git remote add origin = só diz para o repositório local o endereço do repositório remoto
  3. git add = adiciona as alterações de arquivo no git uma por uma
  4. git add . = adiciona todas as alterações que você fez
  5. git status = mostra o status do arquivo que você está trabalhando
  6. git commit -m “[seu comentário]” = faz o commit das alterações que você fez e possibilita colocar um comentário
  7. git push -u origin master = você empurra as suas alterações para seu repositório remoto

Agora vamos ao passo a passo usando o git clone ao invés de git init:

  1. git clone [url do seu repositório] = cria uma cópia local do seu repositório remoto já sendo monitorada pelo git
  2. git add = adiciona as alterações de arquivo no git uma por uma
  3. git add . = adiciona todas as alterações de arquivo no git
  4. git status = mostra o status do arquivo que você está trabalhando
  5. git commit -m “[seu comentário]” = faz o commit das alterações que você fez e possibilita colocar um comentário
  6. git push -u origin master = você empurra as suas alterações para seu repositório remoto

A diferença entre o processo 1 e o processo 2 como vocês puderam perceber é que no processo 2 não precisamos dar o git init para iniciar o monitoramento da pasta, o próprio git clone já faz isso.

Mas Letícia, eu quero parar o monitoramento local da minha pasta, como eu faço?

Bem simples, você vai usar o comando:

  1. rm -Rf .git

Esse comando vai fazer com que a pasta .git seja apagada e o monitoramento seja parado

Letícia, fiz um commit errado e dei push, o que eu faço pra ele sair do meu GitHub?

Vamos lá:

  1. git reset HEAD^ = vai falar para o repositório que você quer apagar o último commit que você fez do GitHub
  2. git push -f = faz o GitHub dar o push e forçar esse “apagão” do commit

Legal Letícia mas não é o último commit que eu quero apagar, e agora?

  1. git reset --hard [hash do commit] = aqui você precisa ter o hash (ID) do commit que você deu errado para conseguir reverter aquele commit
  2. git push -f = você força o push do commit que você quer excluir

“Lê, não quero apagar o commit do github só quero reverter para o anterior”

Tranquilo, só usar o:

  1. git revert [hash do commit] = você não perde o histórico de commit no git e faz um novo commit voltando para as configurações anteriores

Letícia, deu fetch aqui, o que eu faço?

Relaxa que está tudo certo, você vai fazer o seguinte

  1. rm -Rf .git = apaga sua pasta .git
  2. git clone [url do seu repositório] = cria uma cópia local do seu repositório remoto já sendo monitorada pelo git
  3. git add . = adiciona todas as alterações de arquivo no git
  4. git status = mostra o status do arquivo que você está trabalhando
  5. git commit -m “[seu comentário]” = faz o commit das alterações que você fez e possibilita colocar um comentário
  6. git pull origin master --rebase = você junta as alterações em uma só
  7. git push -u origin master = você empurra as suas alterações para seu repositório remoto

Letícia, muito obrigada, aqui funcionou mas me explica o que o rebase fez?

Claro!

O rebase junta o que está no seu computador com o que está no seu repositório.

Quando da esse erro, ele entendeu que a sua master do git está com alguma coisa diferente da que ta na sua máquina e não consegue fazer o push.

É tipo quando você está comendo dois chocolates, você dá uma mordida em um e dá uma mordida no outro depois quer juntar os dois porque com uma barra só fica muito melhor de comer. Você usa o rebase e pronto, estão juntos em um chocolate só

15
162

Comentários (15)

0
Renata Pereira

Renata Pereira

07/01/2021 08:40

Alex Queroz


estava na mesma situação que a sua, eu baixei o Typora, que o professor menciona para poder salvar de forma correta.

0
E

Edgar Tavares

06/01/2021 20:22

Muito bom Leticia, estou finalizando o curso de git e essa cola será fundamental no começo até os comandos serem familiarizados.


Alex Queiroz

O arquivo md não interferirá nas proximas aulas, você não consegue alterar a extensão pois está tentando criar pelo bloco de notas. Tenta com o sublime, notpad++ ou o editor que o professor usa no video.

0
Vitor Monteiro

Vitor Monteiro

06/01/2021 19:45

Obrigado, Leticia, conteúdo de grande ajuda!

0
Marcos Ribeiro

Marcos Ribeiro

06/01/2021 18:44

Leticia ficou show de bola

0
Gabriel Milanez

Gabriel Milanez

06/01/2021 13:53

Letícia, mandou muito! Este artigo vai servir pra minhas bases de estudos;

0
Danilo Santana

Danilo Santana

06/01/2021 13:18

Ótimo conteúdo Leticia, devia ter como favoritar pra poder consulta sempre.

0
Danilo Santana

Danilo Santana

06/01/2021 13:17

Alex Queiroz, conseguiu sanar sua dúvida?


Gostaria de ajudar então, assim, você consegue visualizar a extensão do arquivo né?

Se sim, é só, antes de abrir, clicar com o botão direito do mouse sobre o ícone, selecionar a opção renomear, depois trocar o txt por md.


Essa é uma das soluções.

0
Willams Sousa

Willams Sousa

06/01/2021 12:42

Mas Letícia, seu artigo foi muito útil, obrigado! kkkk

0
Kesley Lahoz

Kesley Lahoz

06/01/2021 12:22

Maravilha!!

0
Demócrito Sabino

Demócrito Sabino

06/01/2021 12:02

Muito bom, Leticia. Ficou bem organizado, salvei aqui.