0

Dica : Portainer Gerencie seus Containers do Docker de forma fácil.

Marcelo Silva
Marcelo Silva

Veio por meu deste artigo compartilhar uma ferramenta que pode acelerar e ajudar e muito na administração e criação de containers no docker de forma fácil e gráfica , muitas vezes em nossos projetos precisamos de uma infraestrutura como banco de dados ou servidores web para testarmos nossos aplicativos quando estamos produzindo o mesmo usando os containers do docker nos facilita muito já que não precisamos criar todo um ambiente com configuração de sistemas máquinas virtuais etc; apenas criamos um container com os recursos que precisamos e já podemos usá-los sem tomar muito dos recursos do nosso equipamento mas a administração dos containers pode ser tornar trabalhosa porque devemos digitar vários comandos diferentes para ativar container desativar, criar volumes baixar imagens docker para facilitar tudo isso existe uma ferramenta o Portanier existem duas versões do sistema a Portainer Community Edition (CE). e a Portainer Business Edition (BE) neste artigo vou demonstrar a versão  Portainer Community Edition que é gratuita. Vou fazer uma demonstração dos principais recursos que o sistema nos oferece.


Depois de fazermos a instalação conforme  instruções no site do desenvolvedor que na realidade  será apenas cria um volume para container do Portainer e criar o container para do mesmo, lembrando que já devemos ter uma versão do docker mais recente instalada para conseguir seguir esses passos :


Criando o volume :


#  docker volume create portainer_data


E criando o container do Portainer :


# docker run -d -p 8000:8000 -p 9443:9443 --name portainer --restart=always -v /var/run/docker.sock:/var/run/docker.sock -v portainer_data:/data portainer/portainer-ce:latest


Para usuários do sistema linux usar os comandos como root do sistema ou usar o sudo.


Para acessar Portainer você irá usar o seu navegador de internet e digitar o endereço 

http://localhost:9000  no primeiro acesso você verá as opções de criar um usuário administrador do sistema e sua senha. Depois é só entrar no sistema com seu usuário e senha criados.


Depois de logado no sistemas você verá os ambientes do docker ativos na sua máquina:

No meu caso eu tenho docker default instalado no meu sistema basta clicar na caixa 

do Docker local para poder administrar o mesmo.


Agora temos acesso a todos os recursos para administrarmos no docker local na nossa  primeira opção Dashboard que é uma visão geral do docker a quantidade de containers e imagens,volumes etc.



Podemos ter acesso a cada um deles clicando na caixa correspondente ou no menu do nosso lado esquerdo também podemos acessá-los.


Agora iremos acessar a segunda  opção no menu lateral App Templates que uma das maiores facilidades do sistema já existem Templates que é só escolher clicar e instalar o vários recursos já prontinhos para instalarmos em nossa máquina como bancos de dados dos mais diversos servidores web entre outros.





Agora iremos acessar a terceira opção do menu lateral que é a Stacks como o nome já está sugerindo são as pilhas de contêineres que podemos criar aqui dentro do sistema acho que a opção mais interessante para quem precisa criar uma pilha de containers que se comunicam para que funcione uma determinada tecnologia exemplo você precisa  de um container que tenho um servidor web para rodar seu sistema em php que também vai acessar outro container que roda um banco de dados mysql , e o melhor tudo isso você pode usar um docker-compose , mas não se preocupe existem na internet e github das mais variadas pilhas de desenvolvimentos já prontos basta só copiar colar bem simples.



A próxima opção é o menu Containers, onde podemos iniciar, copiar, remover e entrar dentro da cada configuração dos containers e fazer alterações dentro conforme a sua necessidade.

A próxima opção é o menu imagens onde temos a lista das imagens docker disponíveis na nossa máquina onde temos opções como importar e exportar as imagens ou removê las.

A próxima opção é o menu Networks onde podemos alterar ou até criar novas configurações de rede do docker conforme nossas necessidades.