0

Da Procastinação ao Protagonismo: CONHEÇA OS 15 PRINCIPAIS SABOTADORES E SAIBA COMO ELIMINÁ-LOS

Bruna Pimentel
Bruna Pimentel

Descubra como identificar seus sabotadores e como eliminar o efeito negativo que esses inimigos internos causam em sua vida pessoal e profissional

Sabe aquele arrependimento instantâneo que sentimos ao agir de forma totalmente contrária ao que pensamos ou valorizamos? Isso acontece porque os sabotadores entraram em ação e controlaram seu comportamento sem que você percebesse!

Hoje, nós vamos te contar tudo sobre esses mecanismos de defesa que impactam negativamente a nossa vida pessoal e profissional.


Vamos começar explicando sobre o que são os sabotadores, como surgem, quais existem e, por fim, te mostrar um passo a passo prático para eliminá-los!

Boa leitura!

O QUE SÃO SABOTADORES? 

Podemos chamar de sabotadores os comportamentos e/ou padrões de pensamentos negativos que nos atrapalham em nossas relações e/ou atividades. Esses comportamentos nos levam à sabotar as nossas próprias vidas.

A autossabotagem nada mais é do que um mecanismo de defesa criado por nós mesmos, durante a infância, para nos protegermos das mais diversas situações de medo e desconforto.

O psicólogo americano Stanley Rosner afirma que “Muitos desses comportamentos destrutivos estão quase fora do domínio da consciência”.

Por exemplo

Imagine que uma criança está em casa e seus pais brigam de forma intensa diariamente. Esta criança se fecha em seu quarto e desvia seu pensamento para os brinquedos, evitando o conflito familiar.

A repetição desse comportamento se torna um padrão. Na vida adulta, o padrão se repete de outras formas. Ela passa a evitar conflitos, fugir de conversas difíceis, deixa de falar o que sente e até finge que alguns problemas não existem.

É importante entender que os sabotadores funcionam para trazer alívio imediato em uma situação de desconforto e medo mas não resolvem o problema.

Em longo prazo, são capazes de arruinar nossos sonhos e impossibilitar grandes conquistas. Quantas vezes você já teve dúvidas e se perguntou se realmente era merecedor de suas vitórias?

GATILHOS DA AUTOSSABOTAGEM

Como vimos, os sabotadores surgem para evitar situações de medo e desconforto. Mas muitas vezes, por falta de inteligência emocional, confundimos alguns sentimentos e não percebemos o real causador da autossabotagem.

Estes causadores são chamados de “gatilhos”, e são diferentes de uma pessoa para outra. Os gatilhos disparam um comportamento ou pensamento negativo e iniciam o processo de autossabotagem.

Abaixo listamos alguns dos gatilhos mais comuns presentes no nosso dia a dia:

  • Mudanças que afetam sua zona de conforto – Sair da zona de conforto é sempre difícil. Quando somos provocados ou forçados a sair do contexto a que estamos acostumados, é natural que surjam novas experiências, tanto boas quanto ruins. Estar aberto ao novo e exercitar a resiliência são formas de se amenizar o impacto dessas mudanças;
  • Falta de Autoconhecimento – enquanto você não compreender a si mesmo, não conseguirá ter controle sobre suas próprias atitudes e não entenderá as motivações ou causas de cada comportamento. Exercitar o Autoconhecimento é essencial para ter clareza de suas características, sua personalidade, seus padrões de pensamento e valores. O Autoconhecimento aumenta sua autoestima, motivação, autoconfiança e senso de propósito;
  • Desmotivação – é normal se sentir desmotivado, principalmente pela rotina diária pesada e por problemas inesperados. Cada pessoa tem diferentes formas de lidar com este gatilho (um ombro amigo, reclusão, buscar ajuda profissional, etc). Procure identificar a forma que melhor funciona pra você e planeje-se para esses momentos;
  • Falta de Foco – esse sentimento pode ser ocasionado por conta da ansiedade e das inúmeras distrações que nos permeiam no cotidiano. A priorização é uma boa forma de amenizar esse gatilho. Identifique também as situações, pessoas e tecnologias que tiram seu foco e afaste-se delas.

Agora que já sabemos quais gatilhos podem causar os sabotadores, vamos conhecer esses inimigos internos e aprender a eliminá-los!

CONHEÇA OS 15 PRINCIPAIS SABOTADORES

Os sabotadores podem surgir em diferentes contextos. Por isso, selecionamos os 15 principais para que você os conheça e saiba identificá-los em seu dia a dia:

  • Auto exigência – “Me cobro demais”
  • Perfeccionista – “Tudo tem que sair perfeito”
  • Agradabilidade – “Preciso que todos gostem de mim”
  • Nota 10 – “Quero ser reconhecido com o melhor”
  • Vitimismo – “As coisas dão errado comigo”
  • Hiper-racional – “Preciso entender tudo e não me deixo levar pelas emoções”
  • Baixa Autoestima – “Não sou capaz”
  • Ansioso – “Estou pensando no próximo passo”
  • Controlador – “Preciso ter controle sobre tudo”
  • Esquiva – “Evito ao máximo problemas e conflitos”
  • Procrastinador – “Deixo tudo para última hora”
  • Do contra – “Vou contra o que os outros falam”
  • Sabe tudo – “Sempre estou certo”
  • Julgador – “Aponto o dedo para os outros”
  • Rivalidade – “Sou muito competitivo”

Você se identificou com mais de um? Tudo bem, é normal que cada pessoa seja afetada por diversos sabotadores simultaneamente.

COMO ELIMINAR OS SABOTADORES

Por serem comportamentos presentes na sua vida desde a sua infância, os sabotadores são difíceis de serem eliminados por completo. Trouxemos uma estratégia de 4 passos que irá ajudar você a eliminá-los:

Passo 1

O primeiro passo para eliminar esses padrões e comportamentos sabotadores é admitir a autossabotagem! Fazendo isso, você cria o senso de autorresponsabilidade.

Passo 2

O próximo passo é se conectar com seu corpo, suas emoções e seus sentimentos.

Quando perceber que o sabotador está agindo, procure entender como sua mente reage: você sente medo? Insegurança? Raiva? Frustração? Anote cada descoberta.

Perceba também quais sensações físicas o sabotador está gerando. Muitas vezes, os efeitos envolvem tremor, suor, pânico, raiva e, em casos mais extremos, pode até resultar em perda momentânea de Q.I.

Passo 3

Agora que você mapeou como sua mente e corpo reagem ao sabotador, está na hora de entender quais resultados negativos você gera a partir deste comportamento.

Para esse passo, pergunte-se: o que acontece após uma reação despertada pelo sabotador? Quais comportamentos eu realizo? Como isso afeta as pessoas ao meu redor? Como isso afeta minhas relações em longo prazo? 

É nesta etapa que você encontra a principal motivação para eliminar os sabotadores. Quando você enxerga os efeitos negativos resultantes do seu comportamento, você orienta seu pensamento a evitar que essas consequências se repitam. 

Passo 4

Como último passo, você deve criar um plano de ação para contornar os comportamentos negativos gerados pelo seu sabotador.

Por exemplo, se o seu maior sabotador é a Ansiedade e você se encontra perdido(a) nos seus pensamentos, seu plano ação pode ser listar todas as suas atividades em uma agenda, priorizá-las e realizá-las de acordo com um cronograma.

Sempre que o sabotador iniciar o comportamento negativo, o momento em que você percebê-lo é a hora perfeita para colocar seu plano de ação em prática!

CONCLUSÃO

Sabotadores fazem com que o medo e a insegurança tomem o controle da sua vida. Sem a devida atenção, podem afetar diretamente seus relacionamentos, seu desempenho no trabalho e até mesmo sua saúde!

Alguns gatilhos podem despertar os sabotadores. Para que isso não aconteça, exercite o autoconhecimento e identifique quais gatilhos estão prejudicando o seu dia a dia. Algumas práticas de inteligência emocional também podem te ajudar nesse processo.

Olhar para si e identificar alguns sabotadores pode ser desagradável. Porém, sabemos que é possível eliminar esses inimigos internos com estratégias pensadas a partir das reações do seu próprio corpo.

Lembre-se de dar um passo de cada vez! Superar seu sabotador não é uma tarefa fácil! Teste diferentes planos de ação e perceba quais soluções funcionam melhor em cada contexto!


Deixo aqui abaixo um exercício para vocês fazerem - Método RACE:



E aí DEVS, vamos PROTAGONIZAR?

Abraços!


Bruna

0
0

Comentários (11)

0
Rhaan Oliveira

Rhaan Oliveira

13/04/2021 17:58

Ótimo artigo, muito importante para quem está entrando no mercado de trabalho, como eu. Isso ajudará muito não apenas nas relações profissionais, mas também nas relações pessoais.

0
Rosemeire Deconti

Rosemeire Deconti

13/04/2021 10:22

Adorei seu artigo ! Parabéns!

1
Danilo Pinheiro

Danilo Pinheiro

06/04/2021 21:16

Minha Colega, Bubu... dando show na DIO.

1
A

Alexander Silva

06/04/2021 19:52

Ótimo artigo, muito útil para o nosso desenvolvimento.


Como sugestão, recomendo o uso de tags para facilitar a localização do artigo, como por exemplo, #Produtividade #Marketing Pessoal #Desperte o potencial e #Boas práticas


Também recomendo o uso de espaçamento duplo pelo menos antes dos subtítulos para facilitar a leitura.

1
Pablo Lopes

Pablo Lopes

06/04/2021 18:50

Excelente artigo. Grato pela contribuição.

0
Danielle Granzotti

Danielle Granzotti

12/04/2021 13:50

Sensacional Bru!!!!


Artigo repleto de dicas valiosas =)

1
Eric Kenzo

Eric Kenzo

07/04/2021 10:58

Excelente artigo!!

1
Isaque Souza

Isaque Souza

06/04/2021 19:39

Muito obrigado :)

1
Flávio Silva

Flávio Silva

06/04/2021 19:02

Muito bom, eu acrescento a metodologia 5s, criada no Japão.

1
Eduardo Dias

Eduardo Dias

06/04/2021 18:58

Venho me organizando constantemente para dar conta dos meus estudos. Quero muito dominar a área de tecnologia e estudo constantemente para concursos públicos. E vejo que em muitas vezes estou enxugando gelo. Estou agora traçando uma nova maneira de estudar de forma correta e organizada. Pois em breve, não terei tanto tempo para estudar com estou tendo devido a pandemia.

Olá! Meu nome é Bruna Pimentel, tenho 34 anos, moro em Jacarepaguá, Rio de Janeiro. Amo viajar e adoro combinar omeu trabalho com oportunidades de expandir a minha cultura.

Brasil