1

Conhecendo e Desenvolvendo o seu EU PROGRAMADOR

#Kotlin #HTML #JavaScript
M
Márcio Teles

Neste artigo vou apresentar alguns tópicos para o seu desenvolvimento pessoal e profissional relacionado a parte comportamental e técnica baseado em alguns artigos disponíveis na web. Boa leitura.


Conceitos Importantes:


1) Autoconhecimento:


“A evolução pessoal e profissional passa pelo autoconhecimento. Essa habilidade é essencial para se conhecer a fundo, assim é possível equilibrar todos os âmbitos da sua vida. O processo de se autoconhecer é trabalhoso, mas adquirir essa habilidade é essencial para lidar com todas as responsabilidades da vida. O desenvolvimento do autoconhecimento vem com a prática da reflexão sobre as próprias ações e na implementação de novos e melhores hábitos em nossa vida.” (1)

Como por exemplo, reflita e questione o momento atual da sua vida. Onde está e onde quer chegar. Tenha a menta aberta na busca de novos desafios. Desapegue do passado, na qual, você levará daqui pra frente apenas o conhecimento. Diga SIM a você mesmo. Afinal, você precisa acreditar no que quer e, no que vai fazer. Diante disso, busque profissionais capacitados ou até mesmo parentes ou amigos, para que possam trocar ideias de saber em qual caminho eles o veem fazer e sendo capaz de trilhar.


2) Transição de Carreira:


“Algumas décadas atrás, permanecer em uma única empresa e seguir a mesma carreira por muito tempo – as vezes até a vida toda – era visto com bons olhos. Porém, hoje impera o dinamismo no mercado de trabalho e as pessoas não costumam permanecer por muito tempo na mesma atividade.” (2)

Fato que a transição e carreira pode acontecer por diversos motivos dentre os quais podemos citar:

a) A profissão está deixando de existir: a evolução tecnológica faz com que novas profissão surjam e profissões antigas simplesmente desapareçam. Além disso, as vezes uma profissão não é completamente excluída, mas os avanços tecnológicos fazem com que o trabalho a ser realizado no dia a dia seja totalmente diferente e exija novas habilidades.

b) Existe um limite de idade: atletas são um exemplo de profissionais que possuem um limite natural que os impede de seguir na mesma profissão a vida toda. Alguns atletas tornam-se técnicos esportivos, outros empresários.

c) Estresse e a falta de tempo na atual profissão: a falta de tempo com a família e o estresse excessivo comum em algumas profissões podem gerar a vontade de realizar uma transição de carreira.

d) Demissões em massa e crise em determinados setores: mudanças estruturais no mercado, mesmo que momentâneas e motivadas por crises, podem induzir diversos profissionais a terem que se adaptar a novos contextos e vislumbrar novas atividades.

Assim, procure criar oportunidades a você mesmo para novos desafios.


3) Soft Skills e Hard Skills:


“Soft skills é o termo em inglês utilizado para definir as características comportamentais, de caráter subjetivo, que impactam a rotina de trabalho.” Como por exemplo, “o psicólogo Daniel Golemam, autor do livro “Inteligência Emocional” afirma o seguinte em sua obra: “habilidades como resiliência, empatia, colaboração e comunicação são todas competências baseadas na inteligência emocional e que distinguem profissionais incríveis dos medianos”. (3)

“Essas características, muitas vezes, sequer são percebidas pela pessoa que as apresenta. Mesmo assim, influenciam diretamente no modo de se relacionar com os outros. Dessa forma, direta ou indiretamente, as soft skills também podem ser responsáveis por um ambiente de trabalho mais eficiente e dinâmico.” (3)

“Hard skills são as habilidades técnicas de alguém. Elas podem ser facilmente mensuradas e, geralmente são adquiridas por meio de cursos, graduações, especializações, treinamentos, livros, ou até mesmo com a experiência de trabalho.” (3)

“Elas são os tópicos principais em um currículo, podendo ser comprovadas por meio de certificações, diplomas ou testes. Algumas dessas capacidades são: cursos técnicos, curso de graduação, especializações (ou pós-graduação, mestrado e doutorado), proficiência em línguas estrangeiras, capacitações específicas (que podem ser oferecidas pela própria companhia, por exemplo), conhecimento para trabalhar com máquinas e ferramentas específicas, habilidades em desenvolver ou utilizar softwares.” (3)

Dentre as algumas habilidades solicitadas pelo mercado de trabalho temos: criatividade, persuasão, trabalho colaborativo, capacidade de adaptação e gestão de tempo.


Resumo:


Após apresentar as informações acima, o desenvolvimento do seu EU PROGRAMADOR está atrelado a sua capacidade de aprender através dos conhecimentos disponíveis no mercado, ou seja, na busca de tecnologias de programação como: kotlin, JAVA, C/C++, HTML, CSS, etc. e, também, através dos bootcamps oferecidos através desta plataforma. Porém, não se limite apenas a parte técnica, que também é fundamental, busque aprimorar o seu AUTOCONHECIMENTO como pessoa, desenvolva técnicas comportamentais. Faça a diferença através do compartilhamento do conhecimento com outras pessoas seja técnico ou comportamental. Dê o seu melhor. Insista, persista e crie a base do seu SUCESSO. Afinal, ele só depende exclusivamente de VOCÊ. Siga em frente!


Sites:

(1) - https://www.ibnd.com.br/blog/5-dicas-para-desenvolver-o-autoconhecimento.html#:~:text=O%20processo%20de%20se%20autoconhecer,melhores%20h%C3%A1bitos%20em%20nossa%20vida

(2) - https://www.parmais.com.br/blog/o-que-e-transicao-de-carreira-e-como-fazer/#:~:text=Quando%20planejada%2C%20a%20transi%C3%A7%C3%A3o%20de,poder%C3%A1%20ocorrer%20de%20forma%20inesperada

(3) - https://blog.solides.com.br/entenda-definitivamente-soft-skills/

0
29

Comentários (0)

None

Brasil