0

Como usar o Lombok em projetos Java

Alex Silva
Alex Silva

Lombok é um framework para Java que permite escrever código eliminando a verbosidade, o que permite ganhar tempo de desenvolvimento para o que realmente é importante. Seu uso permite gerar em tempo de compilação os métodos getters setters, métodos construtores, padrão builder e muito mais.

Exemplo básico

public class Pessoa{

    private Long id;
    private String nome;
    private String email;
    private String senha;

    public Usuario(Long id, String nome, String email, String senha) {
        this.id = id;
        this.nome = nome;
        this.email = email;
        this.senha = senha;
    }

    public Pessoa() {
    }

    public Long getId() {
        return id;
    }

    public void setId(Long id) {
        this.id = id;
    }

    public String getNome() {
        return nome;
    }

    public void setNome(String nome) {
        this.nome = nome;
    }

    public String getEmail() {
        return email;
    }

    public void setEmail(String email) {
        this.email = email;
    }

    public String getSenha() {
        return senha;
    }

    public void setSenha(String senha) {
        this.senha = senha;
    }

    @Override
    public String toString() {
        return super.toString();
    }

    @Override
    public boolean equals(Object obj) {
        return super.equals(obj);
    }
}


Esse é uma clássica básica e qualquer projeto, contudo se utilizarmos lombok teremos esse aspecto no código final:

import lombok.*;

@Getter
@Setter
@EqualsAndHashCode
@AllArgsConstructor
@NoArgsConstructor
public class Pessoa{

    private Long id;
    private String nome;
    private String email;
    private String senha;

}


Temos a mesma funcionalidade.

Processo de instalação no Eclipse

Instalar o plugin do Lombok no Eclipse é simples. Para isso primeiro precisa baixar o .jar do lombok no site ou no repositório maven. Para este caso vou baixar do repositório maven disponível no link:

https://mvnrepository.com/artifact/org.projectlombok/lombok

Agora com o .jar do lombok baixado, dê um duplo clique para abrir e seguir a instalação.

Próximo passo é inserir o Lombok no projeto Java, no caso do Maven:

<dependency>
    <groupId>org.projectlombok</groupId>
    <artifactId>lombok</artifactId>
    <version>1.18.4</version>
    <scope>provided</scope>

</dependency>


Clique sobre Run/Maven/ Install / Update e pronto. Reinicie o Eclipse e já vai poder usar o lombok em seus projetos

Outros exemplos de uso do Lombok

  1. Lombok @EqualsAndHashCode : Outro caso de uso é para gerar os métodos equals e hashCode apenas anotando com @EqualsAndHashCode.
  2. Lombok @ToString: Mais um caso de uso útil para gerar o método toString, apenas anotando a classe com @ToString.
  3. Lombok @Data: Se você quer que seu classe esteja completa, para simplificar, o Lombok fornece a anotação @Data. Esta anotação já fornece todos estes recursos

Conclusão

O Projeto Lombok é leve, prático e não exibe o código na cara como muitos outros fazem. Particularmente, constitui um projeto interessante que merece ao mínimo uma chance e a efetuação de testes. Casos de uso do projeto com outros frameworks como Hibernate, JPA e JSF comprovam que o mesmo foi bem recepcionado pela comunidade e pode ser aceito em projetos que você mesmo venha a trabalhar. Este artigo esta sua versão inicial ou seja irá sofrer alterações futuras. Existe muita coisa a falar sobre Lombok.

Referencias

Por Alex José Silva

Sou Analista de Sistemas e especialista em desenvolvimento de software com tecnologias abertas. Ao longo da minha carreira contribui na manutenção de sistemas para gestão empresarial em diversos tipos de segmentos: Hospitais, Mineradoras, Transportadoras e empresas de Logística em Cadeia de Mantimentos. Atuante em grupos de desenvolvedores no estado de Pernambuco: SalesForce, Chatbot Pernambuco, JUG-PE/Usuários Java de Pernambuco, Facebook Developer Circle Recife, GDG Recife, FEMUGPE - Front-End, IA_PE. Sou um experiente participante de HackathonsGameJans e Startup Weekend. Acredito na cultura de inovação e empreendedorismo.

0
7

Comentários (0)

Apaixonado por TI

Brasil