0

Como executar os comandos PostgreSQL pelo CMD / PowerShell

David Carvalho
David Carvalho

Trabalhar com linhas de comando faz parte da rotina dos profissionais de TI. Entretanto, quem está dando os primeiros passos nessa profissão, não está habituado a executar programas assim. Mesmo que os programas em sua grande maioria (quase totalidade), tenham interfaces gráficas à sua disposição, é uma boa prática se acostumar com as letrinhas brancas numa tela preta. Pois, em se tratando de acesso remoto a servidores, nem sempre a interface gráfica estará disponível. Este artigo visa auxiliar os aspirantes do TI a configurar o Windows para trabalhar com a execução de programas via CMD ou Powershell, tendo como exemplo o PostgreSQL, partindo do pressuposto de que você já o possui instalado.


Ao fazer a instalação padrão do PostgreSQL, um programa chamado SQL Shell também é instalado, que serve para executar instruções no servidor de banco de dados, via tela de comando. Entretanto, o uso do SQL Shell é exclusivo para o PostgreSQL. Ou seja, caso você necessite executar algum comando fora do SQL Shell, é necessário abrir outro programa de linha de comando. O que, por mais que seja algo simples, se torna cansativo no dia-a-dia. A configuração para executar comandos de diferentes programas via CMD / Powershell é bem simples, sendo eles:


  1. Localize a pasta de "bin" da instalação do programa desejado e copie o caminho da pasta. O diretório padrão para a versão mais recente do PostgreSQL, durante a escrita desse artigo, é: C:\Program Files\PostgreSQL\13\bin;
  2. Em seguida, abra o Menu Iniciar, digite "variáveis" e clique na opção "Editar as variáveis de ambiente do sistema";
  3. Na janela que abrir, clique no botão "Variáveis de ambiente...";
  4. Na nova janela que abrir, localize e selecione a variável "Path". Observe que existe duas variáveis "Path", uma para o sistema e outra para o usuário. Uma variável terá escopo "global" (para todos os usuários em seu sistema) e a outra terá visibilidade apenas para o seu usuário, consecutivamente.
  5. Agora, clique no botão "Editar", logo abaixo;
  6. Na nova janela que se abrir, clique no botão "Novo" e cole o caminho anteriormente copiado;
  7. Feito isso, clique no botão "Ok" das janelas abertas para concluir a operação de configuração;
  8. Efetue o logoff e logon do usuário, para atualizar as variáveis no sistema;
  9. Abra o CMD / Powershell e execute algum comando para testar. Exemplo: psql --version. Será impresso na tela a versão corrente do PostgreSQL. Faça bom proveito!


Lembrando, esse passo-a-passo pode ser feito com os mais diversos programas, como Notepad++ e Git, por exemplo.


Gostou do artigo? Me siga aqui na plataforma DIO! Quer falar comigo? Me chama no privado ou em um dos canais da DIO no Discord: David Carvalho#6181 (https://discord.gg/bZMR4UWX).


No próximo artigo, ensinarei a como configurar um servidor no Windows, utilizando subsistemas. Então, até a próxima!

0
0

Comentários (2)

0
Claiton Oliveira

Claiton Oliveira

02/08/2021 11:43

Fiz o teste com o exemplo de usar o comando: psql --version, ele até mesmo me mostrou a versão que estou usando. mas ainda assim não consigo usar nenhum dos comandos do PostgreSQL.

0
Hamilton Silva

Hamilton Silva

08/07/2021 00:56

Excelentes instruções.

Desenvolvedor Full Stack | Android | Java | Kotlin | PHP

Brasil