2

Colapso do Banco TBS erro na migraçao e shutdown do sistema legado

#Informática Básica #Modelagem de Negócios #Arquitetura de Sistemas
Vagner Bellacosa
Vagner Bellacosa

A tempestade perfeita, como o caos destruiu a reputação de um banco inglês.


O colapso do TSB Bank da Inglaterra devido a erros em TI


Salve jovem padawan, muitas vezes falamos dos riscos e perigos da informática, mas nunca temos um exemplo real e palpável para vermos e conversamos sobre, vou transmitir uma história com 3 anos, mas demonstra os riscos e perigos de um projeto informático malconduzido com erros em todas as etapas.


Um pouco de história.


O centenário banco inglês Lloyds, aproveitando a crise financeira do início do século XXI, adquiriu diversos bancos resultando num conglomerado o Lloyds Banking Group, formado pela fusão dos bancos Lloyd s + TSB + HBOS + Sabadell).


A fusão não correu tão bem e o órgão regulador inglês, recomendou a cisão, sendo criando o new Trustee Savings Bank, onde ocorreu o primeiro problema informático, a migração do antigo sistema informático do Lloyds, primeiramente usado compartilhado, posteriormente o software legado em IBM Mainframe, sofreu uma cisão/migração, que após constantes atrasos, entrou em produção, arranhando a imagem do pessoal técnico.


O novo CEO do TBS, aproveitando-se da queimada de filme da migração, prometeu um novo sistema informático, para superar e inovar, adquirindo a licença do Proteo4UK, baseado Proteo (uma versão do Alnova) do Banco espanhol Sabadell, que no projeto previa a construção de dois datacenters e total modernização do software.


Ao final deste artigo apresento um texto publicitário contando as vantagens do sistema a prova de falhas totalmente modernizado que entraria em produção em 2018.


O projeto Proteo4UK


A ideia é bonita no papel, 0 sistemas legados, sem IBM Mainframes ou Cobol/Db2 e para proteger o cliente, o sistema estava em dois datacenters com desaster recovery, para manter a qualidade e o software em funcionamento.


Baseado na tecnologia Alnova, que evoluiu para o Proteo e finalmente numa arquitetura moderna surgiu o Proteo4UK, segundo o texto publicitário foram gastos mais de 300.000 horas de desenvolvimento e 80.000 testes, com software hospedado em AWS.


Com as últimas novidades no processamento dedados, sistema mobile com reconhecimento de íris, rapidez nas transações e modernização de todos os softwares do Banco TBS. Assim começou o pesadelo.


Com atrasos no cronograma, constante troca de profissionais, terceirização e quarteirização com turnover alto, sinal de que algo estava bem errado, houve falhas no processo de levantamento de requisitos, falhas nos relatórios. Vários erros foram acobertados, jogados embaixo do tapete.


A tempestade perfeita


Após o tumultuado processo de migração, o problema com as consultoras e troca de técnicos experientes, o projeto Proteo4UK entrou em produção em 2018, porem segundo os auditores do Banco da Inglaterra.


O projeto foi muito ambicioso em prazos irrealistas, previsto para março de 2017, que com um atraso de 12 meses e diversas pontas soltas entrou em produção. Apesar do SABIS ter coordenado 12 migrações e incorporações de Banco, subestimaram o tamanho do TBS.


Com a liberação do software em produção, começaram as falhas, o serviço mobile e internet, não aguentaram a carga de transações, colapsando e gerando instabilidade.Com isso o serviço caiu ou foi derrubado, alguns clientes começaram a publicar nas redes sociais, que estavam acessando dados de outros clientes, levando há uma corrida aos serviços, que originalmente ficaram indisponíveis durante 7 dias, porem como um incêndio, a indisponibilidade do sistema foi aumentando , gerando mais pressão e mais corridas ao TBS, que ao final ficou 4 semanas off-line.


Ao final do caos, descobriram que vários subsistemas não passaram por testes de stress, partes importantes do software não foram migradas corretamente e o data center foi subestimado em sua capacidade.


O custo para o TBS foi a perda de 80.000 clientes e prejuízos de 300 milhões de libras esterlinas, o banco foi nocauteado e foi a lona, graças há um esforço da IBM e do Lloyds, os sistemas foram restaurados a versão anterior a migração e começaram a restaurar os danos de imagem, processo que em 2021 continua em curso.


O órgão regulador britânico, após essa apavorante situação com falha catastrófica de software após a migração, criou normas que proíbem projetos dessa magnitude, necessitando de autorizações e acompanhamento de todo o processo de modernização que tenha risco elevado aos clientes.


Perigos na migração


  • As falhas apontadas foram prazos irrealistas
  • Falha no teste de stress
  • Fraude nos relatórios intermediários na condução do processo
  • Alta rotação de equipe DEVs
  • Base de Dados subestimada
  • Processos de reengenharia incompletos
  • Falta de documentação.
  • CEO e diversos executivos guilhotinados
  • consultadoras processadas e quebra de imagem



 Ética



Valores éticos ao trabalharmos em sistemas da informação, temos acesso a dados sensíveis que podem prejudicar uma nação, uma empresa e a vida das pessoas, como programadores temos que ter muita responsabilidade com os prazos e devemos possuir altos valores éticos e morais.


https://web.digitalinnovation.one/articles/etica-em-informatica?back=/articles


Conclusão


Este trabalho esta em curso, as autoridades britânicas foram pegas de surpresa com este colapso e as normas estão sendo editadas para criarem processos seguros aos clientes e a criação de desaster recovery efetivos.


Ao final apresento alguns das reportagens sobre o tema, procurei artigos no Brasil, mas infelizmente não encontrei, estarei traduzindo e compartilhando aqui.


Saiba mais


O Banco TBS


https://en.wikipedia.org/wiki/TSB_Bank_(United_Kingdom)


Antes do Caos


Na publicidade tudo é tão bonito


https://www.fintechfutures.com/2017/12/tsb-unveils-new-banking-tech-platform-proteo4uk/


A tempestade perfeita


Nestes 4 artigos veja o caos e a extensão do dano.


https://www.independent.co.uk/news/business/news/tsb-it-failure-cost-compensation-customers-switch-current-account-a8757821.html


https://jonstevenshall.medium.com/lessons-from-the-tsb-failure-a-perfect-storm-of-waterfall-failures-4f4d2e789b35


https://www.theguardian.com/business/2019/nov/19/tsb-it-meltdown-report-computer-failure-accounts


https://www.pymnts.com/news/banking/2019/report-tsb-bank-it-crash-caused-by-inadequate-testing/ 


Espero ter ajudado ate o próximo artigo.


 Mais momento jabá, para distrair, visite meu vídeo e veja para onde fui desta vez: https://www.youtube.com/watch?v=bsxaq0Xgv-c


Bom curso a todos.


 https://www.linkedin.com/in/vagnerbellacosa/


 https://github.com/VagnerBellacosa/


Pode me dar uma ajudinha no YouTube?


 https://www.youtube.com/user/vagnerbellacosa

0
17

Comentários (0)

Analista Programador dinossauro IBM Mainframe

Brasil