0

Cadê o povo 50+ ?

Wanderley Augusto
Wanderley Augusto

Procurei uma forma de falar com os usuários com mais de 50 anos mas não encontrei ... então resolvi escrever este artigo para convocá-los.


Eu tenho 55, em outubro 56, e mesmo pensando em entrar em contato com participantes aqui do DIO com 50+ imagino que possam existir vários grupos ou times que reunam este grupo.


Meu caso específico é de um profissional que sempre esteve na TI e no começo de carreira era analista de sistemas/programador. Isto foi em 1983 e além das linguagens que a gente aprendia e usava na faculdade, como COBOL, Assembler, Fortran e Basic profissionalmente eu codificava em MUMPS (alguém conhece ou já ouviu falar), COBOL (olha ele aí de novo) e em Mantis (uma linguagem de quarta geração na época !). Conhecia comandos e usava JCL e Roscoe nos mainframes IBM, sistemas operacionais DOS/VSE e MVS, bancos de dados DL/I e depois DB2 e sistemas CICS, além de conhecer um pouco de hardware também.


Depois veio experiência em CP/M, DOS, UNIX, e mais recentemente Linux, mas embora por 35 anos tenha trabalhado sempre em TI acabei deixando a programação de lado, embora ela sempre estivesse presente no meu dia a dia de alguma maneira mesmo que fosse para automatizar rotinas e extrair estatísticas das atividade.


Sempre em empresas fornecedoras de TI passei pelas áreas de suporte técnico, pre-vendas, vendas e finalmente marketing e agora estou buscando retomar uma carreira, para pelo menos os próximos 10 anos, em programação e ciência de dados e pulando de um lado para o outro, procurando por cursos e formação acabei descobrindo o Digital Innovation One ! Nunca nem tinha ouvido falar e fiquei impressionado pela estrutura, oferta de formação e quantidade/qualidade de empresas parceiras.


Mas enfim, tudo isto é para dizer que eu seria, então, do time de "50+ com conhecimento de programação e buscando uma nova carreira". Claramente tem o grupo do "50+ que sempre atuaram com programação" e "50+ começando com programação agora".


Entretanto o objetivo aqui não é rotular as pessoas mas sim achar pessoas com o mesmo interesse e para trocar dicas, pois uma das minhas grandes dúvidas é exatamente criar a minha trilha. Pessoalmente comecei pelo Python e pelo bootcamp da Cognizant Cloud Data Engineer, que inclui o curso de Python, mas será que este é o caminho certo ?


Deixem suas ideias, dicas, sugestões nos comentários e vamos trocar figurinhas e ajudar um aos outros !


0
0

Comentários (6)

2
Roberto Brum

Roberto Brum

29/08/2021 17:10

Sou mais um dos primórdios da Informática, onde tínhamos que programar com "Teste de Mesa" e sem muito recurso de Debug. Fomos evoluindo, aprendendo novas linguagens, novos paradigmas, novos BDs, etc. Encontrei na DIO um ambiente ótimo para aprimorar meus conhecimentos e para buscar novas linguagens e frameworks.


Já agradeci várias vezes a DIO e aos instrutores, mas vai mais uma vez:


"O B R I G A D O - D I O" * 1000

0
Wanderley Augusto

Wanderley Augusto

29/08/2021 14:59

@Alvaro Altair, obrigado pela sua dicas e vou refletir sobre o que você falou.


@Robson Garcia e @Alcenir Carvalho, bem vindos ao mundo da tecnologia ... fico aqui a disposição de vocês para ajudar como puder.


@Paulo Fonseca, temos um começo de carreira parecido ! Também esqueci de citar Clipper e DBase como meu conhecimento onde desenvolvi serviços e sistemas. Vamos ficar em contato também !

2
Alcenir Carvalho

Alcenir Carvalho

29/08/2021 02:30

Eu também estou igual ao Robson, também estudei algumas coisas, mas não deu para seguir adiante, então agora vi a oportunidade pela DIO, e estou gostando muito, sou apaixonada por tecnologia espero muito conseguir um lugar ao sol, tenho 51 anos. :)

1
Paulo Fonseca

Paulo Fonseca

29/08/2021 02:22

Oi...

Também sou dessa turma dos 50+ e também sou da área de TI, processamento de dados à época, desde o início da década de 1980. Trabalhei com COBOL para Burroughs, depois Unisys, Algol, alguma coisa com FORTRAN. Para microcomputador, começando também nessa época, BASIC, Clipper e por aí.

Trabalhei em projetos de automação bancária no início dos anos 1990 e virei professor em 1995, o que sou até hoje, e que me fez chegar na Digital Innovation One com a intenção de oferecer opções de estudos para meus alunos.

Também trabalho com desenvolvimento na área de automação comercial.

Fico à disposição.

1
Alvaro Altair

Alvaro Altair

29/08/2021 02:02

Buenas noite. O caminho "certo" é o caminho que a cada passo (meta) aproxima do OBJETIVO. **Agora**, uma observação de como vejo: "OBJETIVO: Sonho com data marcada para acontecer", senão só fica no plano mental. Estou generalizando, mas pense em "trilha" como a "jornada do herói". Segue mais uma pergunta para reflexão: << Qual é o resultado que estou buscando ao concluir este Bootcamp ? >> A resposta para esta pergunta dá uma ideia se é o caminho certo. Bom estudo ;-)

2
Robson Garcia

Robson Garcia

29/08/2021 01:46

Boa madrugada Wanderley, tudo bom? Também sou do 50+, tô com 51, em novembro 52 e contando..., Estou estudando para entrar para o mercado de TI, e sou novato nessa área. Na minha juventude fiz alguns desses cursos que falou, mas não levei nenhum pra frente...

Agora cinquentão volto a estudar pela DIO nessa área que me fascina e espero sim conquistar um lugar ao sol, um abraço e o que precisar, toda uma comunidade de Devs está ai pra nós ajudar.

Gestão de Marketing e Vendas em Soluções B2B de Tecnologia da Informação

Brasil