0

Aprenda a fazer processos Batch em MS-DOS

#Informática Básica #Arquitetura de Sistemas
Vagner Bellacosa
Vagner Bellacosa

Hello World em script BAT 



Salve padawan, em nosso artigo de hoje damos continuidade a dois artigos, o primeiro Shell Script e linha de comandos MS-DOS e segundo Extensões de Arquivos o que são e para que servem. Vamos ver um processamento batch rodando sobre o Windows.


Imagine padawan que houve dias, que o processamento era procedural e existiam diversas linguagens, cuja a principal função é gerencias o fluxo do processamento, informação bibliotecas de arquivos e fontes, inicializar recursos de maquinas, conectar inúmeros equipamentos e testar o funcionamento dos mesmos.



Em nossos dias atuais sobrevivem algumas destas linguagens, em Mainframe temos o JCL (Job Control Language), no Linux/Unix o Shell de comandos e no Windows o MS-DOS, alguns estão bem a vista e de fácil acesso, outros estão escondidos e poucos usuários os utilizam.


O escopo deste artigo é falar sobre o BAT do MS-DOS, o meu favorito, que guardo com muito carinho, utilizando desde os primórdios, iniciei minha jornada com o CP/M e após alguns anos migrei para o DOS.


Numa época que era tão difícil, utilizar o PC, tudo manual, com muitas limitações e conflitos de hardware, problemas de alocação de memória baixa e inúmeros disquetes de 5 ¼ e 3 ½ formatados e preparados com os famosos arquivos Config.SYS r Autoexec.BAT.



Com o advento do Cloude Computer: Azurre e AWS, os comandos em linha voltaram com toda a força e conhecer a criação dos arquivos Batch ajuda muito, com isso, vamos pôr mãos à obra.


Por que usar algo tão arcaico?



A principal vantagem é automatizar trabalhos repetitivos, tais como efetuar cópia de determinados arquivos para criação de massa de teste, enfileirar a execução de programas e carregar aplicativos em memoria etc.


Então respondendo a sua pergunta, porque acelera trabalhos monótonos e evita erros ao mudar de ambientes, uma das coisas curiosas em informática e alguns temas vão e voltam mudando a roupagem, mas fazendo as mesmas coisas de forma turbinada.


Recapitulando, alguns comandos uteis



Ideal para processos rotineiros os comandos utilizados são bem conhecidos dos padawans, mudando pequenas coisas na sintaxe, mas nada do outro mundo, sendo facilmente entendidos por programadores.


•	ECHO: Escreve na tela
•	ECHO OFF: Oculta informações e o código executado pelo sistema.
•	ECHO ON: Exibe informações e o código executado pelo sistema.
•	ECHO.: Salta uma linha.
•	@ECHO: Faz com que o prompt fique oculto durante toda execução.
•	SET: Cria variável que pode ser referenciada através de %variável%.
•	CLS: Limpa o console.
•	IF e ELSE: Estruturas condicionais.


Esses são os operadores que o IF aceita:

 

EQU - igual
NEQ - diferente
LSS - menor que
LEQ - menor que ou igual
GTR - maior que
GEQ - maior que ou igual


Principais comandos procedurais


•	GOTO: Avança até determinado trecho do lote.
•	FOR: Estrutura de repetição.
•	PAUSE: Faz uma pausa, e exibe: “Pressione qualquer tecla para continuar.”
•	REM: Utilizado para fazer comentários.
•	START: Inicializa um aplicativo ou programa.
•	MOVE: Move (recorta) um arquivo de um diretório para outro.


Primeiro arquivo em lote: Hello World



O programa mais simples e classifico em nosso universo de programadores, apresento sem mais delongas o HelloWorld.BAT


Cls
echo off
echo.
Echo ************************************* 
echo *                  * 
Echo *      Hello World       * 
Echo *                  * 
Echo ************************************* 
echo.
Pause


Carregando o programa Notepad.EXE


cls
@echo off
start notepad.exe
rem Inicializa o Notepad do Windows


Apaga todos os arquivos que contenham a expressão TMP na pasta temporária


@echo off
del c:\temp\*.tmp 
rem deleta todos os arquivos temporarios da pasta \temp


Criando arquivos em lotes



Caro padowan, como reparaste não é preciso ter um editor especial para codificação para criar um arquivo tipo bat, pois o Notepad do Windows já é suficiente para realizar essa tarefa, dando conta do recado, mas pode usar qualquer uma a sua escolha. O cuidado que é preciso ter é em relação à extensão, que deve ser a .bat.


Editando arquivos em lote



Não requer pratica e nem tampouco habilidade, basta iniciar o VS Code ou Notepad. A edição de arquivos em lote também é bem simples. Caso seja preciso modificar alguma instrução no script, basta acessar a pasta em que o arquivo está localizado, clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção “editar”.


Executando o arquivo em lote criado



Aqui jovem padawan, pode escolher dois caminhos. Via Janela ou via prompt, mas como assim? Veja como é simples, para executar o arquivo, basta dar dois cliques sobre ele a partir do Windows Explorer ou acessar a pasta correspondente pelo prompt do Windows e digitar o nome do arquivo criado.


Olho vivo, pois 10 em 10 ficam com essa duvida no principio. Vale ressaltar que, ao executar um arquivo em lote (a partir do Windows Explorer) que não tenha nenhum tipo de interação com a pessoa usuária, a janela de prompt de comandos do Windows será aberta e fechada automaticamente. Dessa forma, não é possível visualizar o resultado de cada comando.


Perigo na Torre de Controle



Atencao, atenção e muito cuidado, jovem padawan, diferente do Windows que mantem um cache e possibilita o Control-Z no Shell de comandos isso falhara. Os comandos BAT podem ser utilizados para inúmeras finalidades, como para movimentar arquivos entre pastas, realizar backup de arquivos e muito mais. Entretanto, é preciso muita atenção ao utilizar esse recurso, especialmente em relação aos comandos que manipulam arquivos, pois as modificações realizadas são permanentes.


Conclusão


Este artigo foi complementar e teve como principal objetivo ensinar mais profundamente o processo de criar arquivos Batchs em MS-DOS, as possibilidade são inúmeras, permitindo o uso conjunto com programas C#, Java, Node e Javascript e outras combinações que achar necessário.


Ao dominar o processo batch, veras que aqueles trabalhos monótonos e repetitivos podem ser otimizados e aprimorados em BAT. Treine bastante e faça seus próprios batchs, depois me diga o quanto ajudou em suas atividades diárias.


Visite meu repositório no Github e veja alguns apontamentos, exemplos batchs e tutoriais para auxiliar sua trilha de conhecimento, somos 1 milhão de bolsistas e faço o apelo convide 5 amigos para nossa comunidade e ajude-nos a chegarmos ao milhão de devs, tornando-se assim a maior comunidade de programadores em Língua Portuguesa.


https://github.com/VagnerBellacosa/Curso_MSDOS


Saiba mais sobre MS-DOS : https://web.digitalinnovation.one/articles/aprenda-ms-dos-e-seus-scripts-bat-no-windows


Espero ter ajudado ate o próximo artigo.


 Mais momento jabá, para distrair, visite meu vídeo e veja para onde fui desta vez: https://www.youtube.com/watch?v=QZ1Cjq24eQY


Bom curso a todos.


 https://www.linkedin.com/in/vagnerbellacosa/


 https://github.com/VagnerBellacosa/


Pode me dar uma ajudinha no YouTube?


 https://www.youtube.com/user/vagnerbellacosa

0
9

Comentários (0)

Analista Programador dinossauro IBM Mainframe

Brasil