0

A qualidade no processo de desenvolvimento de software

Jean Silva
Jean Silva

Não se pode conceber um produto, qualquer que seja sua natureza, que não seja criado levando-se em conta sua qualidade. A busca por níveis satisfatórios e previamente definidos de excelência deve basear qualquer processo de fabricação em larga escala ou de manufatura, sob pena de se obter produto com baixa aceitação de mercado.


Conceito de qualidade


O que é qualidade de software e por que ela é tão importante? Uma boa maneira de começarmos esta discussão é afastando a ideia de que qualidade signifique perfeição. É comum entendermos que sempre será possível encontrar algo a ser melhorado em algo que se reconhece como de boa qualidade.


Também não se pode caracterizar a qualidade como algo absoluto, definitivo e que tenha meios de ser medida universalmente, em parâmetros aceitáveis para todas as pessoas. O que parece ser de boa qualidade para mim pode não parecer para você. E vice-versa.


Segundo BARTIÉ (2002), “Qualidade de Software é um processo sistemático que focaliza todas as etapas e artefatos produzidos com o objetivo de garantir a conformidade de processos e produtos, prevenindo e eliminando defeitos”.


E segundo a norma ISO/IEC 9126-1, 2003, p. 17), “Qualidade é a totalidade das características de um produto de software que lhe confere a capacidade de satisfazer necessidades implícitas e explícitas”.


Dessa forma, podemos considerar que qualidade de um software é atender as expetativas das partes interessadas, bem como garantir a conformidade dos processos conforme foi projetado.


Indicadores importantes para observar a qualidade de um software


Corretude: Verificar se o software executa suas funcionalidades conforme foi projetado.


Eficiência: Verificar o grau de adequação do programa aos recursos de hardware, tais como processador e memória.


Usabilidade: Verificar se o público-alvo está satisfeito com a interface. Ela é de fácil manipulação?


Portabilidade: Trata-se de verificar a facilidade do software em mudar de uma plataforma para outra, por exemplo, Windows para Mac.


Interoperabilidade: Trata-se de verificar a capacidade de diversos sistemas e organizações trabalharem em conjunto.


Outro processo que visa conferir qualidade ao produto é a Verificação e Validação. Esses termos são tratados como apenas um. De acordo com SWEBOK (2004), trata-se de um processo bem estruturado para avaliar os produtos de software em todo o seu ciclo de vida, do planejamento até sua efetiva entrega. Em resumo, retrata o esforço da equipe para garantir que a qualidade está embutida no software e que ele reflete o desejo do usuário.


Comente aqui o seu ponto de vista sobre a QUALIDADE DE UM SOFTWARE!


#qualidade

0
8

Comentários (0)

Desde 2006 trabalho na área da construção civil, mas, por paixão, pretendo migrar o mais breve possível para área de tecnologia. Estou me empenhando ao máximo para conseguir esse feito!

Brasil