7

#3 | Nota do Dia! — Mensagem SOAP

#Arquitetura de Sistemas
Eládio Tchiinhemba
Eládio Tchiinhemba

Boa noite, comunidade! Nos dois últimos artigos falamos sobre Web Services e SOAP. Hoje quando acordei senti que mesmo assim não estava explícito o suficiente o conteúdo que elaborei, aí lembrei-me que não se pode falar de Web Services, SOAP sem falar de XML.



Por isso trouxe este conteúdo e eu quero que vocês o encarem como a continuação do conteúdo anterior.

Então vamos nessa!


Extensible Markup Language, também conhecida como XML é uma linguagem de marcação criada pela W3C em meados da década de 1990.



Como já vimos na #1 | Nota do Dia!, os Web Services foram criados para que aplicações diferentes possam comunicar. Contudo, a pergunta é:


“ Como é que duas aplicações diferentes podem conversar (trocar informações)? Sabendo que elas são diferentes tanto em plataforma quanto em linguagem! ”


A resposta é, não podem. Tal coisa só se torna possível se existir algo em comum entre elas.



Por exemplo.: A sua Avó fala Umbundu e o seu filho fala Nihongo(Japonês), sabemos que ambos não poderão conversar se não existir algo que os dois entendem, esse meio de entendimento poderia ser um tradutor como o Google Tradutor, um dicionário ou mesmo um intérprete.



Com os Web Services é a mesma coisa, para eles conversarem, ou seja, trocar informações, eles precisam de algo em comum. O termo Object na sigla SOAP faz referência ao objeto que é trocado pelos Web services, e a este objeto nós chamamos de Mensagem SOAP que é nada mais nada menos do que um documento escrito em linguagem XML.



Os Web Services usam a arquitetura SOAP(além de arquitetura SOAP também é um protocolo) para troca de mensagens escritas em linguagem XML, ou seja para trocar informações entre aplicações.



Por ambas aplicações terem o XML como linguagem em comum isso facilita a separação de conteúdo.



Utilizando o XML, quanto a criação de tags não temos limitação.



Por ambas aplicações possuírem uma linguagem em comum isso torna a integração entre aplicações muito mais fácil.



Atenção: O XML pode ser usado dentro ou fora do SOAP, com ou sem SOAP, mas o SOAP sempre será usado com XML.



Estrutura SOAP



  • O ‘’SOAP Message’’ possui uma estrutura única que deve ser seguida.


<soap:Envelope>
    <soap:Header>
    </soap:Header>
    <soap:Body>
    </soap:Body>
</soap:Envelop>
  • O SOAP Envelop é o primeiro elemento do documento e é usado para encapsular toda a mensagem SOAP.


  • O SOAP Header é o elemento que possui todas as informações de atributos e metadados da requesição.


  • SOAP Body é o elemento que contém os detalhes da mensagem.



Exemplo de uma Mensagem SOAP


<soap:Envelop xmlns:soap="http://www.w3.org/2003/5/soap-envelop">
    <soap:Header>
    </soap:Header>
    <soap:Body>
        <m:MetodoEndereco xmlns:m="http://www.exemplo.org/endereco">
            <m:Cidade>Luanda</m:Cidade>
            <m:Rua>RUA E</m:Rua>
            <m:Distrito>Belas</m:Distrito>
            <m:Numero>+244931509802</m:Numero>
        </m:MetodoEndereco>
    </soap:Body>
</soap:Envelop>



Sobre o Assunto: Por favor, faça questão de deixar o seu ponto de vista nos comentários! Assim nos tornamos mais consistentes. E caso este conteúdo esteja de certa forma esteja a passar uma ideia errada, por favor sinta-se a vontade em corrigir. Será muito útil para mim!


Caso queira entrar em contacto Clique aqui, e fale comigo no Instagram


3
2555

Comentários (3)

0
Reginaldo Silva

Reginaldo Silva

09/03/2021 09:28

Bem esclarecedor!

0
Eládio Tchiinhemba

Eládio Tchiinhemba

03/03/2021 18:43

Obrigado Thiago....

1
Thiago Guedes

Thiago Guedes

03/03/2021 11:02

Artigo maravilhoso, Eládio. Parabéns!

Um cara legal.

Angola